Geral

Oceanário de Lisboa e National Geographic inauguram exposição «Sharks»

Uma das mais emblemáticas exposições da National Geographic está patente no Oceanário de Lisboa até dia 6 de janeiro.

 

«Sharks, uma missão de Brian Skerry», é uma extraordinária viagem ao mundo dos tubarões que já impactou, até à data, mais de 450 mil pessoas nos EUA e chega agora, pela primeira vez, à Europa, com o objetivo de consciencializar o público para o perigo de extinção destes animais.

 

Esta exposição única conta com 50 fotografias da autoria de Brian Skerry, fotógrafo e fotojornalista especializado em vida marinha e ambientes subaquáticos, que promete mostrar uma nova perspetiva sobre estes predadores do oceano, para que os visitantes percebam a importância da sua proteção. Este é um projeto que nos ensina a apreciar os tubarões em vez de os temer.

 

Com uma paixão especial pelos tubarões, Skerry conta com mais de 10 mil horas de mergulho, tendo realizado 14 viagens à volta do mundo para fotografar as mais variadas espécies, entre as quais o tubarão-tigre, o tubarão-branco e o tubarão-azul. A paixão por estes peixes surgiu há 30 anos, após o primeiro encontro do fotógrafo com um tubarão-azul, na costa de Rhode Island nos EUA. Skerry ficou encantado com a pele azul do animal descrevendo que «Todos os meus sentidos ficaram em alerta. O meu coração acelerou à medida que me aproximei até cerca de um metro de distância. O tubarão mal reparou na minha presença e desapareceu.»

 

Todos os anos cerca de 100 milhões de tubarões são capturados de forma acidental ou para comercialização das suas barbatanas. Estes predadores são essenciais para manter o equilíbrio dos ecossistemas marinhos. Estes factos mobilizaram Brian Skerry a fotografar diferentes espécies de tubarão, com o objetivo de elevar a consciência e o conhecimento sobre estes animais.

 

Para Brian Skerry, «Estou muito contente por ter a minha exposição de fotografias de tubarões pela primeira vez na Europa, no Oceanário de Lisboa. Espero que os visitantes saiam com uma nova visão sobre estes magníficos animais que são, muitas vezes, incompreendidos. Os tubarões desempenham um papel vital na saúde dos ecossistemas do oceano. Através da fotografia, acredito que podemos aprender a vê-los sob uma nova perspetiva e a reconhecer o seu valor para o nosso planeta.».

 

Luís Fernambuco, diretor geral da National Geographic Partners em Portugal afirma que «É com muito orgulho que trazemos para Portugal mais uma exposição com a chancela National Geographic e com imagens que saem pela primeira vez dos EUA. Depois do Photo Ark, que recebeu 60 mil visitantes no Porto, partilhamos uma nova exposição, de extrema sensibilidade e beleza, através de 50 fotografias da autoria de Brian Skerry, que vão estar expostas no Oceanário de Lisboa e que vão transportar os visitantes para o fundo do mar e dar-lhes uma nova perspetiva sobre os tubarões.» E acrescenta ainda «Através destas imagens queremos sensibilizá-los para as ameaças que estas espécies enfrentam e ajudar a acabar com o preconceito existente em relação a estes animais.”

 

João Falcato, CEO do Oceanário de Lisboa, declarou: «Com esta fantástica exposição, o Oceanário de Lisboa pretende promover o conhecimento sobre os tubarões e reforçar a urgência em preservar a biodiversidade marinha. Esta exposição é uma excelente representação das ameaças existentes e esperamos, através das imagens, transmitir a necessidade de alteração de comportamentos, em prol da conservação do oceano.»

 

Esta exposição tem o apoio de Audi e-tron, Banco CTT, Conselheiros da Visão, Delta Q e Ageas Seguros.

 

Estas imagens já fascinaram todos aqueles que tiveram a oportunidade de as ver em cidades como Washington, Atlanta e Corpus Christi (no Texas), e chegam agora a Lisboa, onde ficarão expostas até 6 de janeiro de 2019.

 

A exposição «Sharks» irá estar patente no átrio do Oceanário. Para aceder à exposição é necessário adquirir um bilhete para visitar o Oceanário de Lisboa.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close