fbpx
Geral

Obstetra do bebé que nasceu sem rosto pode continuar a exercer

Pais-De-Rodrigo-Bebe-Sem-Rosto
Reprodução Redes Sociais

Artur Carvalho, obstetra suspeito de negligência médica no caso do bebé que nasceu sem rosto, em Setúbal, pode continuar a exercer. O mesmo só não está a fazê-lo por iniciativa própria.

Miguel Matias, advogado do médico, sublinhou que a “suspensão preventiva do médico, por um período de seis meses terminou no passado mês de abril”

Recorde-se que o pequeno Rodrigo nasceu no dia 7 de outubro, no hospital de São Bernardo, em Setúbal.

Os especialistas continuam sem conseguir explicar como é que um bebé sem nariz, olhos e parte do crânio consegue sobreviver. No entanto, a luta do pequeno Rodrigo pela vida tem surpreendido tudo e todos.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News