Geral

Maria do Céu Guerra vence Prémio Vasco Graça Moura

Maria do Céu Guerra, uma das fundadoras da companhia de teatro A Barraca, foi distinguida com o Prémio Vasco Graça Moura-Cidadania Cultural. A entidade promotora da iniciativa, Estoril-Sol, anunciou esta semana a atribuição do prémio.

O Prémio pretende “distinguir um escritor, ensaísta, poeta, jornalista, tradutor ou produtor cultural que ao longo da carreira – ou através de uma intervenção inovadora e de excecional importância -, haja contribuído para dignificar e projetar no espaço público o setor a que pertença”, pode ler-se no regulamento.

A conhecida atriz e encenadora é a primeira mulher a receber este galardão, cujo valor pecuniário ronda os 20 mil euros, e foi escolhida “por se ter destacado, ao longo da vida, numa prática de cidadania cultural, enquanto atriz, que levou à cena e por diferentes modos divulgou os grandes textos da literatura portuguesa e, nessa intervenção, que manteve em A Barraca como núcleo de irradiação cultural, formativo e vocacionado para a descoberta e criação de novos públicos”.

Maria do Céu Guerra é uma reputada atriz cujos últimos trabalhos feitos em televisão são A Família Ventura (RTP), A Impostora (TVI) e Jardins Proibidos (TVI). A atriz foi também a protagonista do filme Os Gatos não têm vertigens. 

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

ATV News


Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close