fbpx
Geral

Mãe de Valentina perde os sentidos no funeral da filha e sai de maca

Valentina

Sónia Fonseca, mãe de Valentina, não aguentou a dor e perdeu os sentidos durante o funeral da filha e saiu deitada numa maca.

Dor, angústia, revolta e muitas lágrimas. Foram estes os sentimentos dominantes durante o funeral da menina de 9 anos, que foi vítima de homicídio. O pai e a madrasta são os principais suspeitos da autoria do crime.

O funeral realizou-se no Bombarral apenas com a presença da família, devido à pandemia de Covid-19, no entanto, foram várias as pessoas que marcaram presença nesta despedida.

Recorde-se que Valentina, de 9 anos, foi dada como desaparecida na passada quinta-feira de manhã. O pai comunicou às autoridades o desaparecimento da menina, que viria a ser encontrada, este domingo, a cerca de 6 quilómetros do local onde vivia.

A população juntou-se às buscas, durante vários dias, para tentar encontrar Valentina, no entanto, as autoridades detiveram o pai e a madrasta por suspeitas de homicídio e ocultação de cadáver, na manhã deste domingo. O progenitor terá levado as autoridades até uma zona de eucaliptal, na Serra D’el Rei, em Peniche, local onde deixou o corpo da menina.

A Polícia Judiciária revelou ainda, em conferência de imprensa, na tarde deste domingo, que no momento em que a criança foi morta, estavam três crianças em casa e que o depoimento do filho mais velho da madrasta teria ajudado a desvendar o crime.

Sabe-se ainda que na tarde deste domingo, os suspeitos, estiveram a fazer a reconstituição do crime com a Polícia Judiciária. Já esta segunda-feira, a autópsia revelou que Valentina foi morta num cenário de agressões violentas.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News