fbpx
Geral

José Castelo Branco acusa André Ventura de “fazer política” em cima de um cadáver

Reprodução Redes Sociais

Valentina, menina de nove anos que desapareceu em Atouguia da Baleia, no concelho de Peniche, terá sido morta pelo próprio pai. Após tomar conhecimento do trágico desfecho deste acontecimento, o deputado do Chega André Ventura utilizou as redes sociais para voltar a apelar à “prisão perpétua” para casos deste género.

“O meu coração e as minhas orações estão com a Valentina, cobardemente assassinada. É pela Valentina, por todas as Valentinas de Portugal, que não desistirei enquanto a prisão perpétua para monstros criminosos não for reposta em Portugal“, lê-se numa mensagem que partilhou na conta que gere no Twitter.

O socialite José Castelo Branco ficou revoltado com a situação. “Parem este homem! Fazer política em cima do cadáver de uma criança é nojento“, lamentou.

Depois, ainda se pronunciou sobre a polémica que tem colocado frente a frente o político e a comunidade cigana. “Já sei porque é que o André Ventura odeia os ciganos! O pai dele era comerciante! Os ciganos roubaram os clientes ao pai! Também havia um que odiava judeus pelo mesmo motivo e vejam onde chegou. Vocês querem o mesmo?“, questionou.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News