fbpx
Geral

Irmão mais velho de Valentina testemunhou o crime

Valentina

O irmão mais velho de Valentina, a menina de 9 anos encontrada morta este domingo, em Peniche, testemunhou o crime. A notícia é avançada pela TVI.

Segundo a mesma estação, o menor, que terá entre 11 e 12 anos, poderá ser uma prova chave para o crime de homicídio qualificado.

A Polícia Judiciária revelou ainda, em conferência de imprensa, na tarde deste domingo, que no momento em que a criança foi morta, estavam três crianças em casa, no entanto, até ao momento ainda não sabiam se alguma delas teria assistido ao crime.

Recorde-se que Valentina, de 9 anos, foi dada como desaparecida na passada quinta-feira de manhã. O pai comunicou às autoridades o desaparecimento da menina, que viria a ser encontrada, este domingo, a cerca de 6 quilómetros do local onde vivia.

A população juntou-se às buscas, durante vários dias, para tentar encontrar Valentina, no entanto, as autoridades detiveram o pai e a madrasta por suspeitas de homicídio e ocultação de cadáver, na manhã de hoje. O progenitor terá levado as autoridades até uma zona de eucaliptal, na Serra D’el Rei, em Peniche, local onde estava o corpo da menina.

Sabe-se ainda que na tarde deste domingo, os suspeitos, estiveram a fazer a reconstituição do crime com a Polícia Judiciária.

Alguns populares estavam presentes no local e teceram duras críticas aos presumíveis autores do crime. “Assassino”, “Assassina”, “Monstro”, “És um malandro, Sandro” ou “Márcia, és tão assassina quanto ele” foram alguns dos comentários de revolta.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News