Geral

Idoso de 89 anos foge de lar para escapar do coronavírus

Rafael, um idoso espanhol de 89 anos, fugiu do lar onde vivia depois de descobrir que vários colegas tinham morrido de coronavírus.

O idoso começou a aperceber-se de que algo de muito mau se estava a passar e decidiu perguntar ao funcionário que lhe servia a comida se existiam mortos e foi aí que descobriu que seis dos seus amigos tinham falecido devido ao Covid-19.

Segundo relata o idoso, as condições no lar estavam cada vez mais assombradas pelo medo que se vivia. Rafael não aguentou mais e fugiu do lar Madrid Loreto a 20 de março.

O idoso conta, em entrevista ao EL País, que pagava uma mensalidade de 3.400 euros e que teve de sair depois de se aperceber que a sua vida estava em perigo.

“Tenho quase 90 anos, pernas lentas e patologias graves, mas a minha cabeça está em perfeito estado. Não quero enfrentar os momentos finais da minha vida da mesma maneira que muitos, com abandono e negligência e na mais profunda solidão. Eles estão a sofrer”, disse

Recorde-se que Espanha é o segundo país a ultrapassar a China em número de mortos. Nas últimas 24 horas, morrem 738 pessoas.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News