Geral

Coronavírus: Nascimento da filha do “paciente um” em Itália traz esperança ao país

Mattia foi o primeiro caso do novo coronavírus em Itália, o chamado “paciente um”.

Residente em Codogno, na Lombardia, Mattia, de 38 anos, esteve um mês a lutar pela vida nos Cuidados Intensivos do hospital San Matteo di Pavia, depois de, a 20 de fevereiro, ter testado positivo ao novo coronavírus.

Em 25 de março, Mattia teve finalmente alta e, na terça-feira, a sua filha Giulia veio ao mundo depois de sua mãe, Valentina, também ter superado o vírus quando já estava no oitavo mês de gestação.

“Que notícia maravilhosa. Giulia, filha de Mattia e Valentina, nasceu. Envio os meus parabéns à mãe e ao pai de Codogno. E dou as boas-vindas a Giulia. Desejamos-lhe uma vida gloriosa”, escreveu o presidente do governo da Lombardia na sua página de Facebook.

O italiano, conhecido como “paciente 1” por ter sido a primeira pessoa a ser contagiada com Covid-19 no país, tinha estado num jantar com amigos, entre os quais um que tinha acabado de regressar da China, o chamado “paciente zero”.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News