fbpx
Geral

Caso Joana! Padrasto acredita que o raptor pode ser o mesmo de Madeleine McCann

Ursinho Triste Caso Joana! Padrasto Acredita Que O Raptor Pode Ser O Mesmo De Madeleine Mccann
Reprodução

Joana desapareceu em Portimão, em 2004, e nunca mais foi encontrada. Mesmo sem cadáver, a mãe, Leonor, e o tio, João Cipriano, foram condenados por homicídio e presos. Saíram em liberdade apenas no ano passado.

À saída do estabelecimento prisional, mesmo após 15 anos, João afirmou ser inocente. Assim acredita, também, Leandro Silva, o padrasto da menina. Segundo ele, “a Leonor nunca faria mal à filha”, já que “era uma boa mãe”, e acredita que o “alemão” Christian Brueckner, principal suspeito pelo rapto e possível homicídio de Madeleine McCann, pode estar envolvido. Por isso, pediu a reabertura do processo.

De sublinhar que Brueckner morava no Algarve à data deste acontecimento e é o principal suspeito pelo desaparecimento de Maddie, criança inglesa que foi vista pela última vez num aldeamento turístico ali bem perto, na praia da Luz, Algarve, três anos depois, em 2007.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News