Geral

Canais contra clubes que restringem acesso às fontes

Quatro canais televisivos portugueses – RTP, SIC, TVI e CMTV – insurgiram-se contra a restrição de acesso dos jornalistas às fontes oficiais de informação em instituições desportivas e emitiram um comunicado conjunto subscrito por Paulo Dentinho, diretor de informação da RTP, Ricardo Costa, diretor geral de informação do Grupo Impresa, Sérgio Figueiredo, diretor de informação da TVI, e Octávio Ribeiro, diretor da CMTV.

As estações de televisão alertam para «os riscos deste caminho e deste comportamento, no que à liberdade de informar diz respeito» e consideram que as entrevistas ou conferências de imprensa com direito a perguntas «não podem ser substituídas por momentos de comunicação em espaços de conforto que não cumprem as regras do jornalismo», lê-se no comunicado.

Além disso, «a liberdade de acesso e de ação dos órgãos de comunicação social aos acontecimentos que se revestem de importância noticiosa está consagrada na lei», realçam os responsáveis pelos quatro canais.

Assim, em prol dos telespetadores e na defesa do jornalismo enquanto garantia das sociedades democráticas e plurais, RTP, SIC, TVI e CMTV exigem «ter acesso às fontes oficiais de informação e aos protagonistas e recusam funcionar como amplificador da comunicação disponibilizadas pelos canais (televisivos ou eletrónicos) oficiais dos clubes ou instituições, canais esses legítimos, mas que não substituem o exercício do jornalismo».

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close