fbpx
Geral

Camilo de Oliveira despede-se da televisão

Camilo de Oliveira, prestigiado ator português, referiu à TV Mais desta semana que não pensa no regresso aos ecrãs nacionais. Depois de vários anos a trabalhar e a dar a cara por vários projetos nacionais, o ator diz-se desiludido pelo facto de, nos últimos tempos, o seu nome ter sido esquecido. “Acredito que os portugueses não vão sentir saudades minhas. As pessoas não valorizam os artistas mais experientes. É o país que temos”.

Assim sendo, o marido de Paula Macedo oferece os lugares aos mais novos que, cada vez mais, têm um maior destaque nos ecrãs nacionais. “Não estou doente. Estou apenas cansado e reformado. Dou o meu lugar aos mais novos”.

Em relação a esta notícia, Ruy de Carvalho concorda com o desabafo do ator: “O Camilo faz falta aos portugueses, mas é verdade que às vezes é pouco valorizado. Ele é um grande profissional e tem um legado incrível. Admira as coisas que ele fez”.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

2 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Eu tenho Saudades do Verdadeiro Humor, daquele humor que Raul Solnado transbordava dentro de si. E o Camilo Oliveira tem esse Verdadeiro Humor, é paralelo ao Raul mas cada um com o seu sarcasmo e o sarcasmo do Camilo é genial. Eu ainda hoje vou ao youtube para revê-lo.
    Volta Camilo. O humor dos jovens hoje em dia é humor fácil é aquele humor que ilusoriamente faz doer os maxilares mas o vosso Camilo e do imortalizado Raul Solnado. esse faz doer verdadeiramente o maxilar e faz vibrar alegremente todo o nosso organismo. Se não voltar para a Televisão, vá para os Teatros ai o público é mais humano, se não em sua casa escreva para sim e grave e coloque no youtube. Eu agradeço e todos os que queiram segui-lo. Uma Abraço de um Jovem que o admira, que tem respeito por si e a cima de tudo está grato por todas as gargalhadas que me provocou. Obrigado pela sua presença! José Reis, Porto.

  • Volta Camilo, sim, para podermos continuar a rir de boas piadas.
    Acabei de ler o seu livro “As Regras da minha vida” e concordo com elas, por isso… parar é morrer !  E o Senhor não pode ficar em casa, quem gosta de si ainda não lhe deu a reforma !
    Um abraço – A. Guedes

ATV News