Geral

142 mil pessoas praticaram atividades irregulares na praia durante o fim de semana

Reprodução

É um número impressionante! Durante o passado fim de semana, em Portugal, a Polícia Marítima detetou cerca de 142 mil pessoas a praticarem atividades irregulares na praia.

Numa altura na qual o país está, ainda, em estado de calamidade, os apelos para que os cidadãos cumpram as regras de segurança continuam a existir. Porém, nem todos têm cumprido as recomendações.

Destas 142 mil pessoas, e segundo o balanço de atividade a que o jornal Correio da Manhã teve acesso, 70 463 deitou-se na areia como se a pandemia não fizesse parte da realidade. 66 752 praticaram atividade física de recreio com mais de duas pessoas ou sem respeitar as distâncias de segurança e 1382 praticaram aulas ou treinos de desporto ao ar livre com mais de cinco pessoas.

A mesma publicação refere ainda que ninguém foi autuado, apesar de grande parte dos infratores terem oferecido “resistência”, ao afirmarem que não estão a fazer qualquer mal por se deitarem na areia.

Com a aproximação do verão, a tendência poderá vir a piorar. Na próxima semana, prevêem-se temperaturas acima dos 30º C em vários pontos do país.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News