fbpx
Famosos

Vanessa Martins faz partilhas pessoais sobre endometriose e desabafa: “Se não der adoção, fico com o Sadik”

Vanessa Martins
Instagram

Vanessa Martins tem partilhado como tem sido a sua luta contra a endometriose nos últimos anos.

Vanessa Martins nunca escondeu o problema de saúde que a impede de engravidar. A influenciadora tem revelado como tem sido nos últimos anos a sua luta contra a endometriose e em conversa com os seguidores, voltou a falar do tema como forma de alerta para outras mulheres.

“Durante todos os anos que tomaste a pílula não tiveste sintomas?”, quis saber uma internauta.

A empresária respondeu: “Comecei a tomar a pílula aos 15 anos e tinha muito poucas dores, sempre foi tranquilo. Mas quando deixei de tomar a pílula para engravidar, foi quando comecei a ter dores horríveis. E não… não é normal ter dores menstruais. É normal ter um desconforto, porque o corpo está a trabalhar de forma diferente nesses dias mas Não é normal ter dores que nos levam a automedicar. Não é normal ter dores incapacitantes. Não é normal ter dor nenhuma, ponto”.

Questionada sobre como soube que sofria do problema, Vanessa Martins revelou: “Quando deixei de tomar a pílula para engravidar comecei a ter muitas dores de barriga. Bem… não sabia de onde vinha a dor, mas era na zona abdominal. Passados quatro anos de tentativas de engravidar e depois de uma inseminação falhada, fiz uma ressonância magnética e foi aí que descobri que tinha endometriose“, começa por explicar.

“Nestes 4 anos tive crise fortíssimas que me levaram algumas vezes ao hospital, saindo sempre sem saber o que tinha. Estas crises aconteciam fora do período menstrual. E durante a menstruação tinha dores horríveis e incapacitante“, acrescenta.

Vanessa Martins falou ainda sobre a pressão para ser mãe e garantiu que após muito sofrimento, já vive bem com o assunto. “Tens muitas dores menstruais?“, questionou outro seguidor. “Depois da minha cirurgia e por recomendação da minha médica não menstruo mais. Tomo pílula interropetiva para não ter nem dores nem crises. E como é uma doença crónica se não for acompanhada a endometriose pode voltar. Há um mês tive consulta e vou começar a menstruar a cada 3 meses porque o meu peito (como já repararam) inchou imenso e achamos que pode ser por essa razão hormonal. Mas já não terei as dores que tinha porque já fui operada”, explicou Vanessa Martins.

De seguida, outra seguidora quis saber: “Consegues engravidar de forma natural?“. “A minha médica diz que sim! Se não for natural é com ajuda. Se não der com ajuda, meto uns papéis. Se não der adoção, fico com o Sadik. A vida pode ter outros planos para mim. Já não vivo com essa pressão“, respondeu a empresária.

O que é a endometriose?

Segundo o site Saúde e Bem Estar, a “é uma doença crónica que afeta mulheres em idade reprodutiva. Consiste na presença de tecido endometrial fora do útero. Este tecido, que habitualmente reveste a cavidade uterina, cresce no início do ciclo menstrual, transforma-se após a ovulação para permitir a implantação de um possível embrião e descama durante a menstruação para voltar a crescer no ciclo seguinte”.

Leia também: Vanessa Martins recorda “pior fase” da sua vida e confessa: “Não vivi, sobrevivi…”

Vanessa-Martins-Endometriose-2 Vanessa-Martins-Endometriose-3 Vanessa-Martins-Endometriose-4 Vanessa-Martins-Endometriose-1  

 

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>