fbpx
Famosos

Tony Carreira e Fernanda Antunes querem nova acusação sobre o acidente de Sara Carreira

Tony Carreira, Fernanda Antunes

Tony Carreira e Fernanda Antunes querem que Ivo Lucas, Cristina Branco e um terceiro condutor sejam condenados por homicídio por negligência.

O processo do acidente que tirou a vida a Sara Carreira sofreu um retrocesso. A cantora morreu num trágico acidente de carro no dia 5 de dezembro de 2020 e Tony Carreira e Fernanda Antunes querem que Ivo Lucas, Cristina Branco, e um terceiro condutor sejam condenados por homicídio por negligência.

Os pais da artista consideram que o acidente “não resultou apenas das condutas negligentes” de Ivo Lucas e Cristina Branco, “mas também das graves omissões” de Paulo Neves, segundo a TV7 Dias.

Na opinião de Tony Carreira, o embate do carro conduzido pelo ator resultou da “grave e indesculpável desatenção com que conduzia o veículo a 140km/h, desatenção tão mais indesculpável e grave”. Em relação a Cristina Branco e Paulo Neves, os pais da cantora criticam os condutores também pelo facto de não terem sinalizado o acidente, nem de terem vestido o colete refletor, apesar de ser uma obrigação.

Outra das críticas é pelo facto de os dois não terem prestado auxílio à cantora e ao companheiro, Ivo Lucas. Por tudo isto, Fernanda Antunes e Tony Carreira pedem que Cristina Branco, Ivo Lucas e Paulo Neves sejam acusados de um crime de homicídio negligente.

De recordar que Sara Carreira morreu num trágico acidente de automóvel, no dia 5 de dezembro de 2020, numa viagem de volta a casa com o namorado, Ivo Lucas.

Leia também: Saudade! Tony Carreira faz três tatuagens em homenagem a Sara Carreira

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>