fbpx
Famosos

Tony Carreira desespera com atraso no processo na morte de Sara Carreira

Tony Carreira, Tvi
Instagram

Tony Carreira desespera com o atraso no processo judicial em que se pretendem apurar as responsabilidades na morte da filha, Sara Carreira.

Tony Carreira está desesperado com mais um atraso no processo judicial em que se pretendem apurar as responsabilidades na morte de Sara Carreira, que faleceu vítima um fatídico acidente de viação a 5 de dezembro de 2020.

Num despachado assinado a 8 de abril, a juíza titular decidiu remeter o processo para o Tribunal de Relação de Évora, para que este se pronuncie sobre o recurso do Ministério Público de Santarém. Em fevereiro, depois do debate instrutório, a júza considerou a acusação nula por não estar explícito se o crime de homicídio por negligência onde estavam indiciados Ivo lucas e a fadista Cristina Branco era simples ou grosseiro.

A juíza também entendeu que na acusação do Ministério Público não estava explicado porque é que Paulo Neves, o condutor que circulava a uma velocidade abaixo do permitida por lei em autoestrada e com uma taxa de alcoolemia de 1,18 g/l, não foi também acusado do crime de homicídio por negligência, tendo apenas respondido pelo crime de condução de perigosa e outras três condenações.

O caso está agora no Tribunal da Relação de Évora e prevê-se que o início do julgamento demore entre quatro a seis meses a começar.

Um ano e meio desde o o acidente fatal, a família Carreira continua sem conseguir encerrar este duro e difícil capítulo das suas vidas. Uma fonte próxima do cantor revela à ‘Tv Mais’ que Tony Carreira faz questão de que sejam apuradas as responsabilidades na morte da filha. “O Tony está desesperado com mais este atraso. Este retrocesso voltou a deixá-lo, a ele e à Fernanda, muito desagradados com a Justiça portuguesa”, explica.

Aquela família precisava de ver este caso concluído”, acrescenta a mesma fonte.

No dia em que se passou um ano da morte de Sara Carreira, Tony Carreira recorreu às redes sociais para criticar a demora dos processos judiciais. “Enquanto pai estou há um ano sem saber o que aconteceu. A ser verdade que a comunicação social tem acesso a mais detalhes do que eu enquanto pai, então fica a nu que a Justiça portuguesa está doente e dá cada vez mais motivos a todos os que não acreditam nela”, desabafou.

Leia também: Cristina Ferreira e Tony Carreira de costas voltadas: “Ele não gosta dela”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>