fbpx
Famosos

Tony Carreira arrasado. Processo que investiga morte da filha revela várias falhas na recolha de provas

Tony Carreira, Tvi
Instagram

Sara Carreira morreu num trágico acidente na A1, em dezembro de 2020. O processo judicial, está parado e segundo a ‘Vidas’ revela várias falhas na recolha de provas.

Tony Carreira está arrasado devido ao processo judicial, agora parado, que revela várias falhas na recolha de provas no trágico acidente que tirou a vida a Sara Carreira.

O processo que investiga a morte de Sara Carreira, filha de Tony Carreira, está atualmente parado, à espera de uma decisão dos juízes desembargadores do Tribunal da Relação de Lisboa. A juíza de instrução criminal do Tribunal de Santarém declarou a acusação nula, por outro, a procuradora do Ministério Público recusa-se a reformular o documento e, por isso, recorreu, deixando a família Carreira num autêntico desespero.

No mínimo, Tony Carreira vai ter de esperar 6 meses só para saber quem tem razão. Segundo a revista ‘Vidas’, apurou junto de fontes próximas do artista e de Fernanda Antunes, os pais de Sara Carreira estão arrasados, ansiosos à espera de saber a verdade e o que aconteceu no fatídico acidente na A1.

Depois de vários meses em que o processo esteve em segredo de justiça, soube-se que a investigação apontava quatro culpados: Ivo Lucas, namorado de Sara Carreira, e a fadista Cristina Branco foram acusados por homicídio por negligência. Outros dois condutores respondem por condução perigosa. Algumas eventuais provas não integram o processo. As imagens de videovigilância da estação de serviço de Santarém, onde estiveram Sara e Ivo antes do choque fatal foram perdidas, uma vez que a procuradora deixou passar o prazo — um mês. Quando as mesmas foram pedidas, já tinham sido apagadas.

Apenas o carro de Sara Carreira foi alvo de perícias por parte do Laboratório de Polícia Científica. A viatura foi pedida aos pais, três meses após o acidente. Por sua vez, todas as outras viaturas não foram alvo de perícias tão minuciosas.

Ivo Lucas foi o último a ser ouvido por causa dos ferimentos que sofreu e acabou por ser acusado por homicídio por negligência. O ator foi o único arguido que não contestou a acusação. Todos os outros tentaram dar uma explicação sobre o dia fatídico.

Leia também: Tony Carreira desesperado! Justiça atrasa-se e deixa passar prazo para apresentar prova

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>