fbpx
Famosos

Sofia Ribeiro revela importantes segredos sobre a sua alimentação

Sofia Ribeiro Sofia Ribeiro Revela Importantes Segredos Sobre A Sua Alimentação
Instagram

Sofia Ribeiro partilhou, esta terça-feira, 14 de julho, um texto onde fala sobre a sua alimentação. A atriz é uma verdadeira inspiração para os seguidores.

A artista começou por referir que a sua refeição favorita é o almoço e que a base da sua alimentação são frutas, vegetais e legumes.

“Faço-o por filosofia de vida, porque acredito ser mais saudável para o meu organismo e porque me sinto de facto melhor desde que assim é. Acredito, e são vários os estudos científicos, confiáveis que o confirmam. Em concreto, Evito comer açúcares refinados (que são considerados veneno para as nossas células). Não faço esforço nenhum nisso porque não sou muito de doces, é raro apetecer-me”, começou por referir.

Sofia Ribeiro também evita o trigo e a lactose porque é intolerante. “Só bebo leite vegetal e qualquer tipo de queijo, é também raro. Evito comer farinhas brancas e processados, não fazem bem a ninguém. Só uso azeite e óleo de coco. É cada vez mais raro comer carne ou peixe. Carne Vermelha e enchidos então, é quando o rei faz anos! E não sinto falta nenhuma. Fritos a mesma coisa. Arroz e massas, opto por integrais. Adoro tudo o que é feijão, ervilhas, grão, favas etc..!”. complementou.

“Não sou fundamentalista nem tenho saco para quem é, quando me apetece algo fora disto, como sem peso na consciência mas por norma, não. De há um tempo para cá, depois de ter ficado bem de saúde, experimentei fazer jejum intermitente. Já tinha ouvido falar muito sobre os seus benefícios, por exemplo melhorar o funcionamento das nossas células, ao contrário do que se possa pensar, aumento de energia, menos retenção de líquidos, entre tantos outros!”, referiu ainda.

A atriz deu mais pormenores sobre o jejum intermitente. “Quem interesse procure saber mais. Faço em média 2/3 vezes por semana, 16h por dia. Imaginem, janto, e depois no dia seguinte a minha primeira refeição é o almoço. Vou bebendo chá, água… até à primeira refeição que convém ser rica em nutrientes. Não é suposto fazer jejum e depois ir comer sei lá, uma Carbonara! É só pensar que tudo o que ingerirmos o nosso organismo vai assimilar para o bem ou para o mal. Mas lá está, eu não sou médica, comigo resulta pq vejo e sinto de facto muita diferença em mim”, concluiu.

Ora veja:

View this post on Instagram

Falando um bocadinho da minha alimentação que muito me perguntam… Por exemplo, a minha refeição preferida é o almoço e a tua? A base da minha alimentação são, frutas, vegetais e legumes. Faço o por filosofia de vida, porque acredito ser mais saudável para o meu organismo e porque me sinto de facto melhor desde que assim é. Acredito, e são vários os estudos científicos, confiáveis que o confirmam. Em concreto, Evito comer açúcares refinados (que são considerados veneno para as nossas células)… Não faço esforço nenhum nisso porque não sou muito de doces, é raro apetecer-me. Evito comer trigo e lactose porque sou mesmo intolerante. Só bebo leite vegetal e qualquer tipo de queijo, é também raro. Evito comer farinhas brancas e processados, não fazem bem a ninguém. Só uso azeite e óleo de côco. É cada vez mais raro comer carne ou peixe. Carne Vermelha e enchidos então, é quando o rei faz anos! E não sinto falta nenhuma. Fritos a mesma coisa. Arroz e massas, opto por integrais. Adoro tudo o que é feijão, ervilhas, grão, favas etc..! Não sou fundamentalista nem tenho saco para quem é, quando me apetece algo fora disto, como sem peso na consciência mas por norma,não. De há um tempo para cá, depois de ter ficado bem de saúde, experimentei fazer jejum intermitente. Já tinha ouvido falar mto sobre os seus benefícios, por exemplo melhorar o funcionamento das nossas células, ao contrário do que se possa pensar, aumento de energia, menos retenção de líquidos, entre tantos outros! Quem interesse procure saber mais. Faço em média 2/3 vezes por semana, 16h por dia. Imaginem, janto, e depois no dia seguinte a minha primeira refeição é o almoço. Vou bebendo chá, água… até à primeira refeição que convém ser rica em nutrientes. Não é suposto fazer jejum e depois ir comer sei lá, uma Carbonara! É só pensar que tudo o que ingerirmos o nosso organismo vai assimilar para o bem ou para o mal. Mas lá está, eu não sou médica, comigo resulta pq vejo e sinto de facto muita diferença em mim. O conselho que posso dar, é que falem com quem sabe, porque cada pessoas tem necessidades diferentes. Deixo-vos o exemplo da @belovebeyou. E isto não é publicidade é uma dica! 🌱 #cuidemonos #behappy

A post shared by Sofia Ribeiro (@sofiarribeiro) on

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News