Famosos

Sofia Alves só deve regressar à televisão em 2019

Sofia Alves está afastada do pequeno ecrã há algum tempo porque tem abraçado vários desafios nas áreas do teatro e do cinema. Atualmente, a atriz participa no filme O Fim da Inocência e na peça teatral Porta com Porta.

A película cinematográfica de Joaquim Leitão é baseada num romance de Francisco Salgueiro que foi um best-seller. «Trata-se de um diário de uma adolescente com 15 anos que leva uma vida dupla. De dia é uma menina estudante com uma rotina normal, mas paralelamente leva uma vida dupla, nas noites, envolvendo-se em jogos sexuais, álcool, drogas e todo o lado mais negro e perverso», explica Sofia Alves em entrevista à revista TV 7 Dias.

A atriz desempenha o papel de mãe de Inês, a jovem protagonista da história, e confessa estar feliz com o novo projeto no cinema: «É um prazer poder colaborar com a Cinemate, neste caso concreto com a Sónia e a Ana Costa, duas mulheres que se esforçam muito para que o cinema seja feito com grande dignidade em Portugal. E, obviamente, poder trabalhar com o Joaquim Leitão, que é um dos melhores realizadores portugueses».

Já sobre o teatro, Sofia Alves também fala com alegria da peça Porta com Porta: «Eu não podia estar mais satisfeita com esta comédia romântica que tenho em mãos. É um espetáculo muitíssimo divertido. Uma comédia americana com um texto genial e hilariante. É muito gratificante ver o público rir à gargalhada e sair do teatro feliz e bem-disposto».

Os convites para teatro e cinema não param de surgir e a atriz portuguesa prevê assim o seu regresso à televisão apenas em 2019. «Mesmo que quisesse, é extremamente difícil em termos de timing e agenda. O ano de 2018 já está todo preenchido com a digressão nacional da peça Porta com Porta e os vários festivais internacionais de teatro». «Para além do teatro, também tenho dois convites para cinema em 2018. Não vou parar nem vou ter tempo para férias. Vai ser outro ano muito intenso e de agenda cheia profissionalmente. Muito provavelmente só regressarei à televisão em 2019», constata Sofia.

A atriz confessa que se sente «muito mais realizada no palco do que na televisão», pois «cada vez mais os tempos de gravação são apertados e não existe possibilidade de crescer do ponto de vista artístico em televisão», considera. Porém, nega a existência de um desentendimento com a TVI. «Nem a TVI consegue escrever a sua história sem mim, nem eu consigo escrever a minha história sem a TVI, mas não temos qualquer problema de relacionamento. Em 2019 voltaremos a falar sobre o meu regresso à televisão. Agora, apenas teatro e cinema».

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close