fbpx
Famosos

Sara Norte recorda Carla Lupi: “Há uma culpa e estou a trabalhá-la com terapia”

Carla Lupi, Sara Norte, Mãe

Sara Norte foi condenada a 16 meses de prisão, em 2012, por tráfico de droga, numa altura na qual a mãe já lutava contra um cancro. O sentimento de culpa mantém-se até hoje.

“Não estive presente. E não vou estar com fingimentos. Quando a minha mãe nos contou que tinha cancro, nenhum de nós acreditou. A minha mãe estava mal, e deixámos de acreditar nas coisas. E como eu estava completamente passada, não estive presente nas sessões de quimioterapia. E há uma culpa, e estou a trabalhá-la com a terapia”, desabafou Sara Norte em entrevista à revista Nova Gente.

“Quando lhe disse o que estava a acontecer, ela disse: Olha, Sara, não me interessa. Vou arranjar forma de ir para aí. A minha mãe levava duas transfusões de sangue cada vez que me ia visitar. E não tinha dinheiro nenhum. Ela morreu na miséria, sem um euro para comer. Mas arranjou sempre forma de me ir visitar”, recordou.

Sara Norte foi condenada a 16 meses de prisão, em fevereiro de 2012, depois de ter sido apanhada em Espanha com 800 gramas de haxixe no estômago. A mãe, Carla Lupi, morreu a 31 de julho desse mesmo ano, vítima de um cancro nos pulmões.

Leia também: Sara Norte recorda o dia em que foi presa: “Andei com pessoas que não devia”

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News