fbpx
Famosos

Sara Carreira: As chamadas para o INEM no acidente fatal: “Montes de carros a parar, está uma confusão”

Sara Carreira Morreu Acidente A1

As chamadas para o 112 revelam o desespero de condutores que assistiram ao acidente que matou Sara Carreira.

As chamadas feitas para o 112, logo após o acidente que matou Sara Carreira, a 5 de dezembro de 2020, revela o medo e os momentos de terror que se viveram no local do trágico acidente de viação.

O Correio da Manhã revela os três telefonemas que deram o alerta às autoridades, sendo um deles feito pela fadista Cristina Branco, que responde por homicídio por negligência no processo.

Os três condutores que telefonaram para o 112 a pedir ajudam apresentam nervosismo e relatam um cenário de pânico e caos na autoestrada A1. “Fiquei com o carro virado ao contrário e houve um carro que agora mesmo bateu contra mim acabou de capotar“, grita ao telefone a fadista Cristina Branco. No carro que tinha acabado de capotar estava Sara Carreira.

Uma outra condutora que passou pelo local do acidente tenta responder às perguntas do operador. Questionada sobre se há vítimas dentro dos carros, esta afirma: “Não consigo. Há aqui montes de gente a parar, montes de carros a parar, está uma confusão.” A condutora refere ainda que há um carro a deitar fumo. O operador pergunta se há pessoas junto aos carros e esta responde desesperada: “Senhor, eu não sei, não faço a menor ideia, estão carros a passar na via. Eu não posso ir. O carro está na terceira faixa, eu não vou aqui na autoestrada, não há luz aqui. Olhe um camião a passar, isto é tudo gente doida.

Sara Carreira foi a única vítima mortal deste acidente. Ivo Lucas, o namorado é que conduzia o jipe. O ator e cantor e mais três condutores foram acusados pelo Ministério Público. Ele e Cristina Branco respondem pelo crime de homicídio por negligência. Enquanto que os outros dois condutores estão indiciados por condução perigosa.

Telefonema de Cristina Branco:

112 – Assistência médica, muito boa noite, em que posso ajudar? Cristina Branco – Sim, olhe tive um acidente, um acidente na Al, um acidente – Sim – Está a capotar, acabou de capotar – Oh! Minha senhora, minha senhora, senhora – (gritos) Ai, Ai – Mantenham-se em segurança, sinalizem o acidente, isto é na Al, qual é o sentido

Não dá para sinalizar, não dá, fui eu que bati por trás de um carro que estava parado na via, fiquei capota, capotada não, fiquei com o carro virado ao contrário, com as luzes, ah!, com as luzes ligadas obviamente e houve um carro que agora mesmo bateu que bateu contra mim, eu estava a ligar o 112 e ele acabou de capotar – Pronto, diga-me uma coisa – Ai, que horror, que horror (gritos) – Minha senhora, nós estamos a encaminhar a ajuda, isto é na Al, qual é o sentido? – Al para Lisboa, para Lisboa – E qual é a zona em que está, sabe-me dizer?

Antes, antes de Santarém, a seguir a Santarém, nós vínhamos de Santarém -Lisboa, é um carro, Aveiras, antes de Aveiras – Santarém – Lisboa, antes de Aveiras, muito bem, olhe quantas pessoas estão no seu carro que precisam de ajuda? – Olhe nós somos duas e estamos bem, nós saímos do carro e estávamos a pedir ajuda – Então, olhe, coloquem-se por favor em segurança, está bem, coloquem-se em… – Estamos em segurança neste momento, nós estamos, nós estamos… – Pronto, nós já estamos a encaminhar ajuda para aí, está bem, aguardem por favor – Obrigada (gritos)

Leia também: Após tribunal anular acusação, Sara Carreira é homenageada: “Menina doce mas cheia de caráter”

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>