fbpx
Big Brother Famosos

Rúben Boa Nova dá resposta: “Como estavas na falência e agora é só grandes vidas?”

Rúben Boa Nova, Big Brother
Instagram

O ex-concorrente da “Casa dos Segredos” e “Big Brother” Rúben Boa Nova disse ter estado “quase na falência” durante a ‘curva da vida’.

Um seguidor questionou a fase má a nível profissional que Rúben Boa Nova disse ter passado na altura do confinamento devido à pandemia.

“Como estavas na falência e agora é só grandes vidas?”, escreveu um internauta na caixa de perguntas que o ex-concorrente deixou no Instagram, este domingo.

“Graças a Deus, a vida, às vezes, dá a volta! E com trabalho tudo se consegue! Uma das únicas coisas que eu pedi neste Big Brother foi trabalho e isso tem havido”, respondeu.

Entre as várias perguntas e respostas, destaca-se ainda uma de um seguidor sobre as parcerias que o casal Boa Nova tem. “Conseguiam viver só de parcerias?“, quis saber.

O nortenho explicou: “Eu e a Tatiana temos algumas boas parcerias! E sim dava para viver delas! Mas como temos ambições e projetos de vida há que lutar por eles! Quando fechamos uma parceria não é apenas um negócio, é uma amizade que fica! E isso pode-se ver nesta edição do Big Brother dos aviões que recebemos de algumas das nossas parceiras! O carinho que têm por nós”.

Ruben Boa Nova Pergunta
Instagram

Ruben-Boa-Nova-Parcerias

Na ‘curva da vida’ apresentada na última edição do “Big Brother”, Rúben Boa Nova afirmou que 2020 foi “o melhor e o pior ano” da sua vida. “Consegui comprar a casa dos meus sonhos, dei entrada para a casa no ano do Covid. Uma pessoa quando tem dois negócios próprios, se não trabalhar, não entra dinheiro. Ou seja, eu gastei, investi na casa, veio o Covid, fiquei lá dois meses sem receber. Fui quase à falência”, explicou.

O vencedor da terceira edição da “Casa dos Segredos 3” sublinhou que, com “uma família para sustentar, foi complicado”.

A acrescentar a este problema a nível profissional, também a nível pessoal a vida de Rúben e Tatiana Boa Nova não esteve facilitada nesse ano devido à possibilidade de o filho Lourenço poder ter algum problema de saúde grave. “Fui abaixo, não queria estar nem falar com ninguém”, acrescentou.

Hoje em dia, já recuperado, afirmou que o filho é “saudável” e que o convite para o “Big Brother” surgiu “porque coisas boas também têm de acontecer a pessoas boas”.

Leia também: Rúben Boa Nova “afetado” com a participação no ‘Big Brother’: “Muito duro e intenso”

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News