fbpx
Famosos

Renato Seabra escreve carta a jornalista portuguesa e assume-se deprimido

Renato Seabra Carlos Castro 2

Renato Seabra assassinou Carlos Castro, cronista social, em Nova Iorque e está a cumprir pena de prisão desde 2012.

Marta Dhanis, jornalista portuguesa a viver nos Estados Unidos, fez um pedido a Renato Seabra para o entrevistar em 2013, conforme contou à CMTV. O jovem negou falar.

Apesar disso, um ano depois, Renato voltou a escrever a Marta e assumiu-se deprimido. “Eu aqui tenho dias que vou abaixo, choro, começo a pensar na pena que tenho de fazer, no sofrimento que a minha família tem, nos sonhos que tenho, mas que se tornaram tão difíceis de acreditar”, começou por dizer a comunicadora àquela fonte.

“Tento manter-me ocupado, ler, trabalhar, ver televisão. Mas, sabes… Há dias que me sinto tão deprimido que não me apetece fazer nada”, acrescentou o jovem na carta escrita à jornalista.

Renato mostrou-se triste: “Nesta idade que as pessoas fazem planos para a vida, eu somente posso rezar e pedir a Deus para fazer um milagre e reduzir a minha sentença. Se Deus quiser, vai acontecer algo de bom. Tem de se ter fé”.

O jovem revelou ainda que gostava de ser amigo da jornalista e convidou-a a visitar a sua região. “Tu vais todos os anos a Portugal? A próxima vez que fores, se ainda não visitaste Cantanhede ou Coimbra, aconselho-te a ir. É lindo. Espero que aceites o meu pedido de amizade. Eu sou um bom amigo. Beijos. Renato Seabra”, concluiu a mensagem.

Leia também: Santiago Lagoá não tem dúvidas: “A Cristina Ferreira é a Senhora Televisão”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News