fbpx
Famosos

Quase um ano depois, Tony Carreira está desiludido com falta de respostas: “Isto não é justiça alguma”

Tony Carreira, Sara Carreira, Jornal Correio Da Manhã, Erc
Instagram

Tony Carreira sente-se revoltado como o processo de investigação da morte da sua filha Sara Carreira tem sido conduzido.

No próximo dia 5 de dezembro faz um ano desde que Sara Carreira faleceu num trágico acidente de viação na A1. Ivo Lucas continua a ser o principal arguido, uma vez que ia ao volante do automóvel, mas Tony Carreira sente-se magoado com a justiça por demorar a dar respostas concretas sobre o processo de investigação.

“Isto não é justiça alguma. O luto tem várias etapas e qualquer pai com uma perda irreparável como é esta tem o direito de saber em tempo razoável o que aconteceu”, começou por dizer o artista ao Correio da Manhã.

“A triste conclusão a que se chega é que, se a justiça neste tipo de casos é isto, não há aqui justiça alguma. Porque se a resposta que se dá aos pais é que só passados muitos anos eles poderão saber o que aconteceu, então não há justiça!”, continuou.

O cantor recebe inúmeras mensagens de pais que passaram pela mesma situação. “Muitos pais que me contactam, fruto da minha visibilidade, contactam-me pedindo quase que, por eles, eu seja uma voz. Dão-me conta de triste conclusão a que eu próprio já tinha chegado sobre o tempo que estes processos demoram: quatro, cinco anos ou mais. Tão simplesmente saber o que aconteceu”, terminou.

Leia também: Pazes feitas? Cristina Ferreira envia mensagem a Tony Carreira

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News