Famosos

Príncipes Harry e William negam acusações de bullying

Depois das notícias que davam conta que a má relação de William e Meghan Markle tinha sido o verdadeiro motivo para que os duques de Sussex se afastassem da coroa real britânica, eis que os porta-vozes dos dois filhos de Diana vieram a público negar tais factos. 

Os dois porta-vozes garantem mesmo que a notícia veiculada pela imprensa é “ofensiva e potencialmente prejudicial” sobre a relação de ambos, numa alusão indireta à peça jornalística publicada pelo The Times. Na peça era atribuída responsabilidade a William pela decisão dos duques de Sussex, uma vez que o filho mais velho de Diana faria ‘bullying’ à cunhada.

“Apesar das negações claras, uma notícia falsa foi publicada hoje num jornal do Reino Unido que especula sobre a relação entre o duque de Sussex e o duque de Cambridge. Para irmãos que se preocupam tanto sobre assuntos que envolvem a saúde mental, o uso de linguagem inflamatória desta forma é ofensiva e potencialmente prejudicial”, adiantaram os porta-vozes reais.

As notícias, bem como a rápida reação da coroa, surgem no dia em que Isabel II irá receber na sua residência de Sandringham os dois duques, além do príncipe herdeiro, Carlos, de forma a resolver a crise familiar em que estão mergulhados desde quarta-feira.

Além da notícia sobre a má relação de William com Meghan Markle, a imprensa avançou também que Harry estará preocupado com a saúde da mulher, notícia que não foi negada pelos porta-vozes.

Recorde-se que Harry e Meghan anunciaram na passada quarta-feira, através das suas redes sociais, que irão abandonar o estatuto de membros ‘sénior’ da casa real britânica, passando a dividir o seu tempo entre os Estados Unidos e Inglaterra e abdicando de todas as rendas que recebem da coroa e dos contribuintes britânicos.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News