Famosos

Príncipe Carlos foi responsável pelo separação da princesa Diana

O casal separou-se em 1992 mas só oficializaram o divórcio em 1996, um ano antes da morte de Lady Di.

Andrew Morton, especialista em realeza, é autor do livro “Diana: Her True Story” e defende que a princesa Diana não teve o apoio necessário pelas pessoas que lhe eram próximas e não conseguiu adaptar-se à vida da família real apesar do grande esforço.

O especialista menciona uma situação ocorrida em 1986, quando Diana estaria grávida do príncipe William e tentava integrar-se na sua nova família mas sem sucesso e chegou a discutir com o príncipe Carlos. “O tom elevado de raiva e os soluços histéricos podiam ser ouvidos nas suites ocupadas pelos príncipes de Gales na Sandringham House. Diana implorou, persuadiu e discutiu violentamente com Carlos tentando ganhar a sua atenção. Carlos parecia incapaz de compreender ou de querer compreender a agitação na vida de Diana.”

O autor relata que Carlos ignorou a mulher e chamando-a de “falso alarme”, continuando as suas atividades programadas para o dia, como andar a cavalo. No livro pode ler-se: “Ele demitiu-se da situação e continuou com o seu plano. A relação com o príncipe Carlos foi desvanecendo rapidamente.” Em conversas com amigos, a mãe de William e Harry terá dito: “Num minuto eu não era ninguém, no minuto a seguir tornei-me a princesa de Gales, mãe, um brinquedo dos media, membro desta família”.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

ATV News