fbpx
Famosos Música

“Política extremista”! André Ventura e Carolina Deslandes em guerra

Fotografias: Instagram

André Ventura, deputado do Chega e candidato já assumido às próximas presidenciais, tem estado no centro de várias polémicas.

Recentemente, fez o seguinte comentário: “Preparem-se, porque se o Chega vencer as eleições, ofender polícias, magistrados ou guardas prisionais vai dar mesmo prisão. E o Twitter deixará de ser a bandalheira que é, pelo menos em Portugal“.

O cantor Agir reagiu e envolveu-se então numa troca de palavras com o político. Disse que este é uma “merda” e André Ventura chamou-lhe “gangster efeminado“. Carolina Deslandes foi outra artista que não ficou indiferente às palavras do líder do Chega.

É aliciante quando alguém aparece com uma solução milagrosa para os nossos problemas e quer culpar nas minorias, nos ciganos, quer prender os maus e ajudar-nos a ter mais coisas… Isto é tudo ilusório, é tudo merda, é mentira. Isto é vir reinar com supostas soluções que só trazem mais segregação, mais violência, mais preconceito. Não se deixem enganar“, disse através da rede social Instagram.

Assim que teve conhecimento, Ventura criticou-a via rede social Twitter. “Faltava a Deslandes. Agora os pseudo artistas saíram todos do armário para criticarem o Chega e o André Ventura. Quando viverem no mesmo prédio de algumas minorias e souberem o que é a vida, eu dou-lhes mais atenção“, atirou.

Por não ter conta nesta rede social, Carolina demorou a responder. Mas fê-lo na tarde desta quinta-feira, de novo no Instagram. “Eu temo pelo futuro do mundo e temo pelo futuro do nosso país“, começou por dizer. “Nunca viveria em paz comigo mesma se não me tivesse pronunciado sobre este assunto de forma clara“, continuou. E apelidou de “extremista” a política de Ventura.

Ora veja:

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News