fbpx
Famosos

Polémica no processo Sara Carreira: condutor envolvido bebeu antes do acidente

Sara Carreira. Família Carreira. Notícia Big Brother.
Instagram

O primeiro embate no acidente que vitimou Sara Carreira foi entre o automóvel da fadista Cristina Branco e um outro conduzido por um condutor que ingeriu bebidas alcoólicas antes do acidente.

Cristina Branco e Ivo Lucas estão acusados de homicídio negligente no processo de investigação ao acidente que vitimou a jovem cantora Sara Carreira, a 5 de dezembro de 2020.

A fadista, porém, acusa um outro condutor – que até ingeriu bebidas alcoólicas antes do acidente – de ter imobilizado o carro em plena autoestrada. Paulo Neves, como se chama, admitiu que bebeu, mas negou que tenha parado o veículo.

Segundo apurou o jornal Correio da Manhã, o primeiro embate foi entre as viaturas conduzidas por Cristina Branco e Paulo Neves, às 18:43 horas. Na companhia da filha, Cristina fugiu imediatamente para a berma, de modo a proteger-se de eventuais embates que viessem ainda a ocorrer, e telefonou para o 112.

Após disso, alguns automobilistas passaram pelo local do acidente, tendo travado e contornado os veículos acidentados. O mesmo não aconteceu com Ivo Lucas, seis minutos depois. O ator não evitou o choque e o carro no qual seguia com Sara Carreira acabou por capotar. Quase dois minutos depois, um outro, um Fiat dirigido por Tiago Pacheco, foi contra o Evoque de Ivo. Sara morreu no local.

Leia também: Morte de Sara Carreira. Chamada de Cristina Branco para o 112 revela horror

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>