fbpx
Famosos

Pipoca Mais Doce defende Anitta após polémica com bandeira de Espanha

A Pipoca Mais Doce, Anitta
Instagram

Anitta exibiu uma bandeira de Espanha no concerto que deu no Rock in Rio Lisboa, em Portugal. Por esse motivo, acabou por ser bastante criticada pelos portugueses através de publicações que foram feitas nas redes sociais.

Entretanto, A Pipoca Mais Doce saiu em defesa da artista brasileira. Segundo ela, Anitta até pode não ser a melhor cantora do mundo, mas é um fenómeno “com menos de 30 anos, que veio do nada e que se mata a trabalhar”.

Não canta nada, não pagava cinco euros para ver esta porcaria, vergonha alheia, roupa horrível, do pior que passou no Rock in Rio, onde está o rabo dela?, horrível, mau, péssimo, parece um travesti, degradação humana… Estes foram alguns dos comentários que deixaram por aqui, no meu Instagram, a propósito da atuação da Anitta. Escolhi-os entre centenas e no meio de muitos infinitamente piores e mais ofensivos“, começou por escrever na rede social Instagram.

Pelos vistos, toda a gente descobriu agora que detesta a Anitta. Foi preciso ela vir ao Rock in Rio (e, vá, ter agarrado numa bandeira de Espanha) para o povo português decretar que ela é odiosa, medíocre, burra, feia, péssima artista. Credo, de onde é que nos veio esta exigência/superioridade toda assim de repente?“, questionou.

A Anitta é a melhor cantora do mundo? Não. A Anitta é um fenómeno? É, e quem disser que não só pode estar de má vontade. Estamos a falar de uma mulher com menos de 30 anos, que veio do NADA, que se mata a trabalhar e que construiu um império avaliado em mais de 100 milhões de dólares. É a artista brasileira com mais reconhecimento a nível mundial e, goste-se ou não do estilo, percebe de entretenimento como poucos. E foi isso que ela entregou no Rock in Rio: um bom espectáculo de entretenimento, que pôs toda a gente a cantar, a dançar e abanar o rabo por mais de uma hora“, considerou.

Assim de repente, acho que cumpriu o que se pretende num festival destes. Se eu quisesse canto lírico ia ao São Carlos. Além de que foi a única data a esgotar esta edição do RiR“, sublinhou.

A Pipoca Mais Doce antecipou reações e respondeu a quem possa vir dizer que o espetáculo da Anitta nem sequer é rock. “Filhos, corria o ano de 2004 quando eu vi Britney Spears na primeira edição do Rock in Rio, por isso há pelo menos 18 anos que isto deixou de ser só rock. Adaptou-se aos tempos e aos gostos porque se fosse só rock puro e duro, quem é que punham no cartaz? Quantas grandes bandas rock contemporâneas conhecem vocês?“, quis saber.

Quanto à desilusão coletiva com a Anitta, olhem, é comer menos. Pessoalmente, acho-a um mulherão e com um percurso que, imagino, poucos conseguirão reproduzir. Fui para me divertir e diverti, não estava à espera de nada diferente daquilo que me foi servido, maneiras que… objetivo cumprido. Volta sempre, Anitta“, concluiu.

Leia também: Anitta reage após acenar no palco do Rock in Rio Lisboa com bandeira espanhola

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>