Famosos

‘Pipoca Mais Doce’ apoia proibição de telemóveis nas sala de aula

Instagram

Um dos assuntos em destaque esta segunda-feira, foi a agressão de um professor a um aluno, numa escola de Alvalade. ‘A Pipoca Mais Doce’ comentou o caso nas redes sociais.

Num longo texto publicado nas redes sociais, a influencer começa por recordar que só teve telemóvel aos 18 anos, “quando estava prestes a entrar na universidade”.

“Hoje houve (mais) um episódio de confrontos entre um professor e um aluno que desrespeitou a ordem de usar o telemóvel na sala”, começou por dizer Ana Garcia Martins.

“NADA justifica que o professor se tenha atirado ao pescoço de um miúdo, mas quantos problemas, discussões, confusões seriam evitados se os telemóveis fossem simplesmente proibidos de entrar numa sala de aula? Não percebo como é que isto não é uma lei rigorosa e percebo ainda menos para que é que a criançada precisa dos telemóveis quando está a ser ensinada”, acrescenta.

“Por que raio não os entregam quando entram na escola e os recolhem quando voltam para casa? E, se infringirem, ficam sem ele uma semanita ou assim, para verem se percebem que há mais vidinha além do ecrã e que os professores, parecendo que não, ainda merecem respeito”, conclui.

View this post on Instagram

O telemóvel apareceu na minha vida aos 18 anos, quando estava prestes a entrar na universidade e já tinha, presumivelmente, idade para ter juízo. Tenho boa memória de como era a vida sem telemóvel, sobretudo em ambiente escolar. E, pasmem-se, era boa. Os meus pais não precisavam de me ligar a cada três minutos para saber onde andava (assumiam que, txanaaaan, estava na escola), nos intervalos estávamos uns com os outros ou íamos ao café e, inacreditável, até conseguíamos combinar coisas fora da escola. Hoje houve (mais) um episódio de confrontos entre um professor e um aluno que desrespeitou a ordem de usar o telemóvel na sala. NADA justifica que o professor se tenha atirado ao pescoço de um miúdo, mas quantos problemas, discussões, confusões seriam evitados se os telemóveis fossem simplesmente proibidos de entrar numa sala de aula? Não percebo como é que isto não é uma lei rigorosa e percebo ainda menos para que é que a criançada precisa dos telemóveis quando está a ser ensinada. Por que raio não os entregam quando entram na escola e os recolhem quando voltam para casa? E, se infringirem, ficam sem ele uma semanita ou assim, para verem se percebem que há mais vidinha além do ecrã e que os professores, parecendo que não, ainda merecem respeito.

A post shared by A Pipoca Mais Doce (@apipocamaisdoce) on

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

ATV News