fbpx
Famosos

Que bonito! No hospital, Madalena Abecasis recebe surpresa do marido: “Amor…”

Madalena Abecasis
Instagram

Madalena Abecassis está internada no hospital para fazer um tratamento que evite o parto prematuro.

Esta quarta-feira, 17 de fevereiro, Madalena Abecasis foi surpreendida pelos pelo marido, Nuno Sebastião.

“Amor em tempos de cólera é subir na ilegalidade casual até à cobertura do hospital sem fazer a mínima ideia onde está e chamar por ti”, escreveu sobre a surpresa do marido.

Os seguidores adoraram a surpresa e teceram rasgados elogios ao gesto. “Que bonito!”, “Vai tudo correr bem. Esse menino tem milhares de tias a fazer uma corrente de boas energias e de amor” ou “Se isto não é amor não sei” foram algumas das reações.

Ora veja:

Madalena Abecasis em risco de parto prematuro às 28 semanas

Madalena Abecasis está grávida de 28 semanas.

Madalena Abecasis corre o risco de ter de dar à luz à 28.ª semana de gestação. A digital influencer está internada e “em modo life-saving desde sexta-feira à noite“, como explicou na rede social Instagram. “Está-se a evitar um parto prematuro às 28 semanas (nem sabia que isto era possível, um parto às 28…)“.

Em janeiro, tanto ela como o marido estiveram infetados com a Covid-19, embora não seja esse o motivo da atual situação clínica. “Não acontece por uma razão, nem exercício físico, nem filhos ao colo, nem subir escadas, nem Covid. Faz parte da genética de cada uma“, referiu.

Leia aqui o desabafo de Madalena Abecasis:

Em modo life-saving desde sexta-feira à noite. Não sei quanto tempo vou ficar aqui e já me aconselharam a não pensar nisso. Não vai ser amanhã, mas também pode não ser até ao fim. É um dia de cada vez.

Custa menos, ainda para mais sem poder ter o abraço de quem mais gosto, o cheirinho dos cabelos dos meus meninos… É de esfrangalhar os nervos a qualquer um e traz à flor da pele as piores memórias. Está-se a evitar um parto prematuro às 28 semanas (nem sabia que isto era possível, um parto às 28…), por uma placenta anómala só agora revelada ao 3o.º trimestre e cada dia que passa é uma vitória. Para o bebé e para mim, como dizem aqui.

As injeções para maturação pulmonar já foram dadas, o aspeto geral da coisa parece estável, mas tudo pode mudar. Por isso, sem previsões de uma alta que tanto mas tanto tanto eu queria. Agora é rezar para que assim continue, estável. Para poder voltar para casa.

Para as grávidas que acompanham, não se preocupem. Não acontece por uma razão, nem exercício físico, nem filhos ao colo, nem subir escadas, nem Covid. Faz parte da genética de cada uma, ou seja, não é evitável e não tem uma causa/efeito. Se tiver de acontecer, acontece. E a mim aconteceu.

Eu bem que dizia que esta idade já não ajudava em nada, e vocês não me acreditaram. Aqueceu-me o coração abrir a minha caixa de mensagens e ver que tanta gente aí desse lado sentiu que algo não estava bem. Parece que não, mas é nestas alturas, em que estamos longe de todos, que com pequenos gestos e palavras nos sentimos reconfortados, por mais ridículo que pareça. Obrigada por isso“. (Madalena Abecasis)

E aí em casa? Leu o testemunho de Madalena Abecasis?

Veja aqui:

Leia também: Big Brother: Helena Isabel justifica ausência do ‘Dois às 10’ e do ‘Extra’

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News