fbpx
Famosos

Namorada de Carlos Areia assume que teve vergonha dos pais por serem surdos

Rosa Bela Namorada Carlos Areia
Instagram

Rosa Bela, namorada de Carlos Areia, foi uma das convidadas especiais de Júlia Pinheiro. A jovem abriu o coração sobre a sua vida pessoal e falou sobre a surdez dos pais.

O meu pai (tem surdez) profunda. A minha mãe não. Deve ser surda 70 a 80%. A minha mãe tem problemas cognitivos. Sofreu uma meningite ainda em criança. Afetou-lhe uma parte do cérebro e a partir daí espoletou… Eu costumo dizer que é uma criança grande porque tem alguns comportamentos infantis”, começou por dizer a namorada de Carlos Areia.

Quanto ao facto de crescer em silêncio, Rosa Bela salientou ser muito triste: “É muito triste. Quando começo a perceber eu já devia ter uns três, quatro anos e lembro-me de estarmos os três em casa e existir o silêncio”.

A namorada de Carlos Areia contou que decidiu aprender língua gestual para comunicar com os progenitores. “Até certa altura eu questionava. Eu não tinha ninguém dos meus amigos, caso próximo, que isto acontecesse. Então questionava-me: ‘porquê eu, porquê a mim? Tive vergonha. A uma certa altura sim”, confessou ainda.

A jovem salientou que não viveu momentos fáceis: “Parecia que ele era um bicho ou que era uma coisa de outro mundo. E para uma miúda de cinco, seis anos, que não conhecia nada do mundo não foi fácil. Vivia numa aldeia. Eu não conhecia mais nada para além daquilo. Muitas vezes eu dizia ao meu pai: ‘não fales só para as pessoas não olharem’. E chegava a casa e chorava’”.

Leia também: Cristina Ferreira e Maria Cerqueira Gomes conquistam audiências e ‘dão pontapé’ à SIC e RTP

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News