fbpx
Famosos

Morreu o ator Pedro Efe. Tinha 78 anos

Pedro Efe
Facebook

Faleceu esta quarta-feira, dia 1 de setembro, o ator Pedro Efe. A notícia foi avançada pela Academia Portuguesa de Cinema.

Faleceu Pedro Efe, membro honorário da Academia Portuguesa de Cinema. A notícia foi avançada nas redes sociais pela Academia.

Segundo a mesma partilha, o funeral de Pedro Efe terá lugar na próxima quinta-feira, dia 2 de Setembro, pelas 11:30, na Igreja do Cemitério do Alto de São João, junto ao crematório.

Texto na íntegra: 

É com tristeza e pesar que partilhamos a notícia do falecimento de Pedro Efe, membro honorário da Academia Portuguesa de Cinema.

Um verdadeiro ‘homem dos sete ofícios’, Pedro Efe trabalhou, desde o início dos anos 70, nas mais diversas áreas cinematográficas: assistente de fotografia, assistente de produção, grupista, operador de steadycam, realização e produção de documentários e de filmes institucionais, e foi também intérprete em vários filmes.

Em cinema, participou em filmes como “Um Campista em Apuros” ( 1968), de Herlander Peyroteo, “O Cerco” (1970), de António da Cunha Teles, “O Passado e o Presente “(1972), de Manoel de Oliveira, “O Mal-Amado” (1974), de Fernando Matos Silva, “Kilas, O Mau da Fita” (1980), de José Fonseca e Costa, “Fürchte dich Nichtm Jakob! “(1981),

“Oxalá “(1981), de António-Pedro Vasconcelos, “A Estrangeira (1982)”, de João Mário Grilo, “Balada da Praia dos Cães (1987)”, de José Fonseca e Costa, “O Bobo“ (1987), de José Álvaro Morais, “Adeus Princesa“ (1992), de Jorge Paixão da Costa, “Rosa Negra (1992)”, de Margarida Gil,

“Marie “(1993), de Marian Handwerker, “The House of Spirits “(1993), de Bille August, “Pax” (1994), de Eduardo Guedes, “Cinco Dias, Cinco Noites” (1996), de José Fonseca e Costa, “Elas” (1997), de Luís Galvão Teles, “A Tempestade da Terra” (1997), de Fernando d’Almeida e Silva, “Jaime (1999”), de António-Pedro Vasconcelos, “Mal” (1999), de Alberto Seixas Santos, “Inferno“(1999), de Joaquim Leitão,

“Capitães de Abril “(2000), de Maria de Medeiros, “O Crime ao Pé do Resto do Mundo” (2000), de José Carlos de Oliveira, “O Mistério da Estrada de Sintra” (2007), de Jorge Paixão da Costa, “4 Copas “(2008), de Manuel Mozos, “Amor Impossível” (2015), de António-Pedro Vasconcelos, “O Grande Circo Místico” (2018).

O funeral terá lugar na próxima quinta-feira, dia 2 de Setembro, pelas 11:30, na Igreja do Cemitério do Alto de São João, junto ao crematório. A toda a sua família e amigos, as nossas sentidas condolências.

É com tristeza e pesar que partilhamos a notícia do falecimento de Pedro Efe, membro honorário da Academia Portuguesa de…

Posted by Academia Portuguesa de Cinema on Tuesday, August 31, 2021

Leia também: Princesa Diana morreu há 24 anos. Como reagiu Carlos à morte da ‘princesa do povo’?

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News