Famosos

Morreu José da Ponte, músico e autor da música «Lusitana Paixão»

zc3a9-da-ponte

José da Ponte, ou Zé da Ponte como era conhecido no meio musical, morreu hoje aos 60 anos no Hospital S. Francisco Xavier, em Lisboa, disse à Lusa fonte da Sociedade Portuguesa de Autores (SPA).

Zé da Ponte foi compositor, produtor musical e baixista. Iniciou a sua carreira em 1976 quando participou no disco Homo Sapiens do projeto Saga de José Luis Tinoco. O músico é também conhecido pelos êxitos da banda Salada de Fruta, grupo que formou juntamente com Lena d’Água e Luis Pedro Fonseca. Robot, single da banda, foi um enorme sucesso na altura. Em 1982 fundou os estúdios Namouche, juntamente com Guilherme Inês, onde produziu artistas como Dora ou Dulce Pontes. Enquanto baixista e/ou produtor, participou em diversos projetos tais como o disco Bairro do Amor de Jorge Palma ou Anjo da Guarda de António Variações.

O músico foi responsável por representar Portugal três vezes no Festival Eurovisão. Em 1986 ajudou a escrever o tema Não sejas mau para mim, interpretado por Dora; em 1991 contribuiu para a composição da música Lusitana Paixão, cantado por Dulce Pontes. Mais recentemente, em 2005, fez parte da equipa responsável pela autoria e composição do tema Amar para o duo 2B composto por Luciana Abreu e Rui Drumond. Em 1992, fez também parte da equipa responsável pelo hino da RTP1. Mais recentemente foi produtor e membro do leque de jurados do programa Operação Triunfo, exibido no canal um da RTP. Era, até hoje, um dos administradores da Sociedade Portuguesa de Autores (SPA).

O funeral realiza-se na sexta-feira, do edifício da SPA, em Lisboa, para o cemitério de Silves, no Algarve onde será sepultado, revela fonte da SPA à Lusa.

O A Televisão apresenta as suas condolências à família, amigos e admiradores de José da Ponte.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News