Famosos

Monarquia: os pais babados da realeza britânica

Numa altura em que Harry se prepara para ser o mais recente “papá” real,  muitas são as dúvidas sobre que tipo de pai será. Se a mãe promete furar o protocolo nas mais variadas situações no que toca ao parto, é expectável que o mesmo aconteça depois do nascimento.

Conhecida pelos seus formalismos, a família real britânica dá a oportunidade aos papás de agirem com os seus filhos como qualquer comum mortal. Ora vejamos:

Príncipe Phillip

O marido de Isabel II ficou conhecido por ser um pai austero, fruto da exigente educação que teve no colégio interno de Gordonstoun. Aliás, três dos seus filhos (incluíndo o príncipe Carlos) e dois netos chegaram a frequentar a mesma instituição de ensino na Escócia.

Phillip sempre se esforçou para que os filhos fossem competitivos, esforçados e firmes, mas também humildes e carinhosos.

Príncipe Carlos

Pai tardio (apenas aos 34 anos de idade), o princípe herdeiro foi um pai pouco presente nas vidas dos filhos (William e Harry) nos primeiros anos de vida dos mesmos. O motivo? Os constantes escândalos em que Carlos e Diana estiveram envolvidos. No entanto, com o fatídico acidente de Diana, o príncipe assumiu a paternidade por inteiro, tendo sido o melhor amigo dos filhos. Muitas foram as demonstrações de afeto que pai e filhos protagonizaram.

Rendidos ao pai, os dois filhos retribuiram todo o carinho que Carlos lhes deu ao assumirem desde cedo o total apoio ao pai nas situações mais controversas inclusivamente no que diz respeito ao casamento com Camila.

Príncipe William

Pai em pleno século XXI, William protagoniza momentos que o distanciam do comportamento típico de um pai de uma família real. William é, dentro de portas, um pai dedicado aos seus três filhos divindo tarefas com Kate Middleton na hora de dar banho aos filhos, de os ouvir ou então simplesmente brincar com eles.

William já confidenciou que George o trata por “Pops”, uma versão carinhosa para “Papá”, que Charlotte adora moda e que adora presentear os seus filhos a cada deslocação que seja obrigado a fazer.

Príncipe Harry

Está a horas de ser pai. O eterno “menino rebelde” da monarquia britânica casou-se e prepara-se para ser pai pela primeira vez. Conhecido pela forma descontraída com que lida com crianças, acredita-se que Harry será o verdadeiro pai babado, situação que é confirmada pela sua postura como “tio galinha”. É Kate Middleton que conta que “melhor tio os meus filhos não poderiam ter. Será um excelente pai”.

Fica a falta a confirmação oficial do próximo nascimento real, mas também a fotografia familiar do casal Meghan e Harry com o primogénito.

ATV News