fbpx
Famosos

Moita Flores faz viagem ao passado: “As novas gerações não se lembram disto”

Francisco-Moita-Flores-Moura-Biblioteca-Itinerante-Da-Gulbenkian
Imagens: Facebook

Índice

O antigo inspetor da Polícia Judiciária fez uma viagem ao passado. Aos 67 anos, recordou as bibliotecas itinerantes da Gulbenkian.

“Gratidão: As novas gerações não se lembram disto. Esta era a minha biblioteca nos anos sessenta do século passado. Minha e de muitos putos cujos pais não tinham dinheiro para comprar livros. São as bibliotecas itinerantes da Gulbenkian”, começou por escrever numa publicação que colocou online na rede social Facebook.

“A Moura chegava de quinze em quinze dias. Era uma festa. Juntavam-se dezenas de miúdos e graúdos, esfomeados de livros. Entregavam-se os dois livros que tínhamos requisitados e entregavam-nos mais dois. À nossa escolha. Este projeto foi criado na década de cinquenta e espalhou a literatura, os livros, o gosto pela leitura nos locais mais recônditos do país”, continuou.

Por fim, sublinhou a importância de se destacar este tipo de memórias. “Falta fazer-lhe a homenagem que merece. E agradecer por nos permitir ser menos ignorantes. Bem hajam as bibliotecas itinerantes da Gulbenkian. Boa saúde para todos”, completou.

Ora veja:

GRATIDÃO: As novas gerações não se lembram disto. Esta era a minha biblioteca nos anos sessenta do século passado. Minha…

Publicado por Francisco Moita Flores em Terça-feira, 18 de agosto de 2020

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News