fbpx
Famosos

Caso Mayorga. Pesadelo sem fim para Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo
Imagem: TVI

Kathryn Mayorga não esqueceu e conseguiu um dos objetivos que pretendia: ser ouvida por um juiz ainda este ano. A modelo acusa Cristiano Ronaldo de violação na noite de 12 de junho de 2009, em Las Vegas.

O magistrado responsável quer ouvir Mayorga para saber se esta estaria em condições psicológicas quando assinou, em 2010, um acordo em que o craque português a obrigava a manter o silêncio a troco de 260 mil euros.

Segundo a Vidas, se Cristiano Ronaldo perder vai ter que pagar mais 200 mil euros. Desde que o caso se tornou conhecido, no ano passado, a vida do jogador virou um verdadeiro pesadelo.

Na altura em que tudo aconteceu Cristiano Ronaldo estava de férias com familiares e amigos nos EUA. Conheceu a modelo numa discoteca e convidou-a para ir até à sua penthouse onde estava instalado.

A jovem explicou que pediu para ir à casa de banho e foi violada. Emails entre o jogador e o seu advogado confirmam que a modelo disse várias vezes que não queria, para não fazer isso. “Ela disse que não queria, mas mostrou-se disponível”, lê-se no email.

Acrescentou ainda que ela não demonstrou intenção de apresentar queixa. Cristiano Ronaldo continua a desmentir e a insistir que o sexo foi consentido.

Leia também: Carolina Carvalho sem roupa na nova série da SIC

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News