Famosos

Mário Jardel: “Consumia cocaína nas férias porque não havia controlo anti-doping”

Reprodução Instagram

Mário Jardel, antigo jogador que passou pelo FC Porto e pelo Sporting, revelou estar numa batalha diária contra o consumo de drogas. 

Apesar do ex-craque brasileiro garantir estar “limpo dessas substâncias”, Mário Jardel confessou que é uma luta constante, devendo muito à sua mulher, Sandra.

“Tenho tentado combater diariamente esse bichinho que colocaram no mundo, que faz mal. A droga. Cocaína no meu caso”, revelou em entrevista ao ‘Pilhado’, canal brasileiro do YouTube.

Jardel acabou por recordar que enfrentou uma depressão e que só conseguiu ultrapassar com fé: “Entrei em depressão. Fiquei louco. Não saia para lado nenhum. Eu saia para a rua alegre mas voltava para casa e ficava triste. Não era assim que eu queria viver. Eu quero viver alegre, feliz.”

A declaração mais polémica surgiu quando o ex-jogador revelou que tentava fugir aos controlos anti-doping, existentes na altura. Para tal, Jardel consumia apenas nas férias: “Consumia nas férias porque não havia controlo anti-doping.”

O antigo jogador, de 45 anos, revelou ainda que entrou no mundo das drogas por curiosidade, sublinhando a importância de estar em boas companhias.

Jardel deixou também um conselho importante para os pais: “Eduquem bem, conversem bem e procurem deixar os filhos andar com boas amizades”.

ATV News