Famosos

Mãe de Angélico Vieira regressa ao Tribunal já para a semana

Instagram

25 de junho de 2011, o dia em que Angélico Vieira faleceu num trágico acidente de automóvel na A1, em Estarreja. Passados oito anos, a mãe do artista regressa ao tribunal, já dia 11, para estar no frente a frente com o dono e uma funcionária do stand de onde saiu o BMW 635 que o cantor conduzia na altura.

Segundo a TV Guia, em causa estão as suspeitas de que o contrato de compra e venda do carro foi forjado após o despiste, em que alegadamente a assinatura de Angélico foi falsificada.

De acordo com o Ministério, os arguidos montaram um esquema após o dia do acidente, falsificando um contrato de compra e venda do BMW 635 para se apoderarem de outros dois carros que este tinha deixado no stand. O contrato dizia que o Ferrari e um Audi seriam entregues em troca do BMW. Em tribunal está em causa os crimes de burla qualificada, abuso de confiança e falsificação de documentos de forma agravada.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

ATV News