fbpx

Luís Fonseca emociona-se ao recordar o pai: “Custa muito”

"Todos os dias, penso nele."

Ana Ramos
2 min leitura
Instagram

Luís Fonseca esteve, esta sexta-feira, no “Dois às 10”, da TVI, e falou sobre o falecimento do seu pai há cerca de oito meses.

Luís Fonseca explicou que o pai tinha cancro no pâncreas, diagnosticado em 2020, e que estava a ser tratado “num dos melhores” hospitais do país: “Fizemos tudo por isso”. “[Ele] Sempre acreditou e o que é certo é que conseguiu. Foi operado, a operação correu nem, bem, não tinha ramificações nenhumas”, contou.

Contudo, “em mil acontece um” e, quando ia ter alta, o estômago do pai de Luís Fonseca rebentou: “Não nos deram explicação. Pode acontecer”. O ex-concorrente do “Big Brother” referiu que o pai “não se habituou completamente” ao novo estado de saúde e que, em casa, só queria ser tratado por si: “Ele comigo, por muito mal que estivesse, ainda ria”.

Por vezes, o pai ligava-lhe apenas para dizer “obrigado”: “Do nada, ligava-me”.

“Dói muito. Dói e, ao mesmo tempo, consigo compensar com as coisas que fiz com ele e tudo, mudar um bocado o pensamento para não me ir abaixo. (…) Todos os dias, penso nele, sempre, sempre”, afirmou Luís Fonseca, referindo que acredita que o pai iria dizer que esteve “muito bem” no programa.

“Custa muito”, rematou, emocionado.

Veja aqui uma parte da conversa.