fbpx
Famosos

Líder talibã responde às declarações polémicas do príncipe Harry: “Não eram peças de xadrez, eram humanos”

Príncipe Harry

Príncipe Harry ‘levou nas orelhas’ de um dos líderes do grupo Talibã após declarações polémicas.

O príncipe Harry tem dado que falar com as suas declarações polémicas do livro que vai ser lançado na próxima semana. O filho mais novo do rei de Inglaterra revelou que matou cerca de 25 pessoas durante os combates no Afeganistão, uma vez que esteve durante 10 anos no exército britânico.

Face a estas declarações, um dos líderes do grupo Talibã parece não ter gostado das palavras do duque de Sussex e fez questão de deixar um ‘recado’ na rede social Twitter. “Senhor Harry, aqueles que matou não eram peças de xadrez, eram humanos. Tinham famílias que esperavam pelo seu regresso”, pode ler-se.

Ao ‘The Telegraph’, Khalid Zadran, porta-voz da polícia talibã em Cabul, sublinhou ainda que o príncipe deveria ser julgado num tribunal internacional por ter “confessado com orgulho” a morte dos 25 combatentes.

Leia também: Novas revelações do príncipe Hary: as últimas palavras a Isabel II, a (feia) piada do pai e uma confissão sobre as partes íntimas

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News