fbpx
Famosos

José Raposo revoltado: “São princípios que se instituíram neste país que me envergonham”

Jose-Raposo-Luis-Alberto

José Raposo utiliza as suas redes sociais com regularidade para passar mensagens acerca de temas importantes.

Este domingo, 23 de agosto, o ator mostrou-se revoltado com a forma como o meio artístico trata os atores “mais velhos”.

“No sábado 22 o LUÍS ALBERTO fez 86 anos! Parabéns Luís! O Luís Alberto é um grande ator português, daqueles que em Portugal deixaram de ser convidados para trabalhos porque já são velhos! São princípios que se instituíram neste país que me envergonham!”, escreveu na legenda da publicação.

Ora veja a publicação:

View this post on Instagram

No sábado 22 o LUÍS ALBERTO fez 86 anos! Parabéns Luís! O Luís Alberto é um grande actor português, daqueles que em Portugal deixaram de ser convidados para trabalhos porque já são velhos! São princípios que se instituíram neste país que me envergonham! Nós somos muito amigos, e todo o meio sabe também da sua grande formação humana! Saquei do programa “Agora Memórias” da RTP este resumo da sua carreira que acho que as pessoas deveriam conhecer : “Luís Alberto começou a representar, por acaso, a convite de Varela Silva e depressa estava a subir ao palco do Teatro Nacional. Era já ator quando foi para o Conservatório Nacional, convicto de que era necessário estudar a profissão que queria exercer o resto da vida. Além de teatro, fez cinema e entrou em vários projetos televisivos. Aos 85 anos continua a dar vida aos personagens que lhe vão aparecendo e enquanto puder, não pensa reformar-se! Nasceu em Campo de Ourique, mas foi na Madragoa que cresceu. O pai de Luís tinha uma mercearia no bairro e a mãe do ator era doméstica. Luís Alberto recorda-se que já em pequeno que fazia vários teatros em casa, pequenas representações e imitações em frente ao espelho e desde cedo percebeu que tinha um gosto especial pelo ‘faz de conta’. Os pais queriam que fosse “doutor ou advogado” e não reagiram bem quando disse que queria ser ator! Era já adulto quando a representação apareceu na sua vida, ajudava na organização da biblioteca da Sociedade Guilherme Cossoul, quando Varela Silva o convidou a fazer teatro. Achou que ele estava a brincar mas depois pensou que se o Varela achava que tinha jeito “porque não tentar?”. Da estreia como ator lembra-se que foi num dia em que a sala estava cheia. Uns dias depois, estava a entrar na Sociedade e um colega diz-lhe que tinha recebido um telefonema de Amélia Rey Colaço. Como estavam sempre a dizer piadas e a pregar partidas, achou que fosse brincadeira. Não ligou. Na verdade, era mesmo a atriz Amélia Rey Colaço que tinha visto Luís em palco e queria convidá-la a ir para o Teatro Nacional. Estávamos no início dos anos 60 e, pela mão de Amélia Rey Colaço, sobe ao palco do Nacional. (continua nos comentários)” #luisalberto #parabéns

A post shared by José Raposo (@joseraposoofficial) on

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>