Famosos

José Condessa declara-se à mulher mais importante da sua vida

Instagram

O ator da telenovela brasileira ‘Salve-se Quem Puder’ não consegue esconder as muitas saudades que tem da mãe e decidiu dedicar-lhe uma mensagem muito especial.

“Mãe, a memória mais antiga que tenho é de adormecer no teu peito. O lugar mais seguro do mundo. O mais silencioso e mais melodioso também. O bater do teu coração era o mais bonito, mas a respiração e o cheiro não ficavam atrás. Lembro-me disto perfeitamente. Lembro-me também de ir crescendo e de já não caber no teu colo. Mas estas memórias não esqueço”, começou por escrever no Instagram.

“És uma guerreira, mãe. Quando tudo parece que te quer mandar a baixo e parece que não há mais cores para além do cinzento, tu renasces com uma força anti-natura que vem não sei de onde, mas com certeza movida por amor. Nunca soube de alguém a quem a saúde tivesse pregado tantas rasteiras, mas também nunca te vi derrotada. O teu sorriso tem tantas histórias que sou capaz de ficar horas a lê-lo. E sabes uma coisa que não esqueço? Não há um grande momento da minha vida em que não estivesses lá. Não há”, sublinhou.

“Desde a primeira apresentação da escola, ao primeiro jogo de futebol, à estreia em teatro, ao primeiro episódio de uma novela… Mas sabes o que ainda é mais fascinante? É que foste a todas as apresentações, jogos, dias de espetáculo, e viste vezes sem conta os episódios de uma telenovela. Estás sempre presente”, continuou.

José Condessa admitiu, então, que sente muita falta da progenitora. “Neste tempo que estamos longe, não é fácil não sentir saudades (…) Sinto falta do sabor da tua comida, sinto falta da tua voz, do teu abraço e do teu cheiro. Hoje é o teu dia, mãe, mais uma ano na vida da mulher-guerreira que tenho a honra de ter como mãe. Tu és o pilar da nossa família”, considerou ainda o ator, de 22 anos.

View this post on Instagram

Mãe, A memória mais antiga que tenho é de adormecer no teu peito. O lugar mais seguro do mundo. O mais silencioso e mais melodioso também. O bater do teu coração era o mais bonito, mas a respiração e o cheiro não ficavam atrás. Lembro-me disto perfeitamente. Lembro-me também de ir crescendo e de já não caber no teu colo. Mas estás memórias não esqueço. És uma guerreira mãe, quando tudo parece que te quer mandar a baixo e parece que não há mais cores para além do cinzento. Tu renasces, com uma força anti-natura que vem não sei de onde mas com certeza movida por amor. Nunca soube de alguém a quem a saúde tivesse pregado tantas rasteiras, mas também nunca te vi derrotada. O teu sorriso tem tantas histórias que sou capaz de ficar horas a lê-lo. E sabes uma coisa que não esqueço? Não há um grande momento da minha vida em que não estivesses lá. Não há. Desde a primeira apresentação da escola, ao primeiro jogo de futebol, à estreia em teatro, ao primeiro episódio de uma novela… Mas sabes o que ainda é mais fascinante? É que foste a todas as apresentações, jogos, dias de espetáculo, e viste vezes sem conta os episódios de um telenovela. Estás sempre presente. Neste tempo que estamos longe, não é fácil não sentir saudades. É para além das saudades é difícil sentir falta. Sinto falta do sabor da tua comida (porque serás sempre a melhor cozinheira para mim), sinto falta da tua voz, do teu abraço e do teu cheiro. Hoje é o teu dia mãe, mais uma ano na vida da mulher-guerreira que tenho a honra de ter como mãe. Tu és o pilar da nossa família. Eu os manos, o pai o meninos o avô, todos te devemos muito. És a nossa matriarca! E prometo que, apesar de não caber mais no teu colo, ainda sou o menino que quer adormecer ao som do bater do teu coração ♥️

A post shared by José Condessa (@zecondessa) on

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News