fbpx

José Castelo Branco revela que tentou falar com Betty Grafstein: “Queria, olhos nos olhos, que ela me dissesse ‘Não te quero mais’”

"Meteram-lhe na cabeça que eu queria matá-la!"

Ana Ramos
2 min leitura
Instagram

José Castelo Branco esteve, esta quarta-feira, à conversa com Júlia Pinheiro, na SIC, e revelou que tentou falar com Betty Grafstein para esclarecer toda a situação que envolve a acusação de violência doméstica.

O socialite começou por referir que sabe que a sua companheira “está melhor”, mas, durante o programa, classificou a acusação de violência doméstica como “ridícula” e “tão grave”.

“Agora é pior, atenção! Ela agora diz, nos Estados Unidos, a todos os amigos que a têm visitado que eu a quis matar. Meteram-lhe na cabeça que eu queria matá-la para me livrar dela e que a atirei de um terceiro andar. E as pessoas dizem: ‘Mas, Betty, Se tu caísses de um terceiro andar, tu não estavas viva’. E ela acredita que eu a atirei de um terceiro andar”, contou José Castelo Branco.

Questionado pela apresentadora sobre se tentou falar com Betty Grafstein, José Castelo Branco admitiu: “Tentei mas não consegui”.

“Uma das coisas que eu queria era, olhos nos olhos, nem que fosse em videochamada – mas o filho não vai permitir -, que ela me dissesse nos olhos: ‘José, não te quero mais, estou farta de ti. Eu não quero ver-te mais’. Que eu não acredito. O filho sabe perfeitamente que a mãe, quando me vir, vai cair nela, porque ela sabe perfeitamente que tudo o que eu fiz foi para a ajudar”, afirmou José Castelo Branco.

Veja aqui e aqui uma parte da conversa.