fbpx
Famosos Big Brother 2020 SIC

Joana d’Albuquerque critica mãe de agressora: “O que faltou foi educação”

Joana D'Albuquerque, Mãe Jéssica
Instagram / SIC

Joana d’Albuquerque recorreu às suas redes sociais para se revoltar contra um episódio de bullying que se tornou viral nas últimas horas e contra a postura da mãe da agressora que falou à SIC sobre o que se passou.

Joana d’Albuquerque ficou, assim como o resto do país, chocada com a agressividade das imagens que mostram uma criança a ser atropelada por estar a fugir dos colegas que o perseguiam e maltratavam. A principal agressora é Jéssica de 13 anos, filha de Cláudia Barata que falou com a SIC esta quarta-feira, dia 26 de maio, sobre o episódio.

“Fiquei muito transtornada sim, fiquei muito triste e muito preocupada principalmente com a criança que foi atropelada. Tivemos uma reação muito preocupada e eu tentei fazer de tudo para tentar entrar em contacto com os pais da criança… A minha filha está com a cabeça desfeita em água, está de castigo, retirámos-lhe tudo, não sei se querem que eu faça um vídeo a dar-lhe uma tareia e que ponha nas redes sociais…”, começou por dizer a mãe da jovem agressora ao repórter Luís Maia.

Cláudia defendeu a filha. “Neste momento toda a gente quer a cabeça da Jéssica, querem que ela seja punida e eu não sei o que é pretendem: se é que ela seja crucificada em direto, não faço ideia. Os pais tiveram direito de fazer uma queixa da PSP, isto vai para tribunal de menores… Tentei falar com a mãe, a mãe não quis falar comigo, toda a gente está a tentar denegrir a imagem dela… A Jéssica não é um monstro que estão a desenhar“, continuou.

Aquilo foi uma brincadeira que correu muito mal, o menino decidiu atravessar a estrada sem olhar. A minha filha tem mais de 1,75 m, mas é uma criança, tem 13 anos e não podemos considerar tudo bullying, isto é um episódio que correu muito mal, infelizmente. Os pais nunca aceitaram falar connosco“, concluiu.

Através da sua página de Instagram, Joana d’Albuquerque comentou e criticou as declarações da mãe da jovem “Acho que toda a gente já tirou as suas conclusões, claramente é bullying. Aliás uma criança que está no vídeo, supostamente que as crianças não têm tanto raciocínio como os mais velhos, a própria criança diz que aquilo é bullying“, começou por dizer a vencedora do ‘Big Brother – Duplo Impacto’.

Então como é que uma senhora que é mãe da criança vem dizer que não é bullying? E já se percebeu porque é que a criança pratica o bullying. Porque claramente a mãe da Jéssica não tem capacidade de interpretação de comportamentos abusivos e opressivos na nossa sociedade. Portanto, se calhar o que faltou à Jéssica foi a educação, é exatamente esta parte que faltou.“, concluiu criticando duramente Cláudia.

Também Nuno Markl se revoltou contra o episódio de violência e partilhou a sua opinião on-line: “Bullying sempre houve (eu que o diga)… Mas caminhamos para uma cultura de ódio vivo que é normal que passe de pais para filhos – a chamada “educação. Os miúdos são, de facto, uns imbecis – porque, muito provavelmente, adultos andam a treiná-los para isso. Alguns ativamente; outros por negligência, preguiça ou desinteresse.

Veja aqui a publicação de Nuno Markl:

Veja o vídeo do episódio de bullying aqui.

Veja a opinião de Joana d’Albuquerque:

Leia também: Campanha solidária! Joana d’Albuquerque consegue 1.º objetivo e atira-se à piscina

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>