Famosos

Já em campanha eleitoral, José Castelo Branco deixa mensagem a Vítor Constâncio

Reprodução Instagram

Em preparação para as próximas eleições legislativas, José Castelo Branco tem partilhado as suas ideias para o futuro de Portugal. O socialite manifestou recentemente a sua vontade em candidatar-se às legislativas 2019, tendo para tal intenção de formar um partido político, o Movimento de Justiça de Portugal (MJP).

Desde então, José Castelo Branco tem usado as suas redes sociais para comentar os temas que marcam a atualidade do país. Este sábado, dia 8 de junho, o socialite começou por deixar uma mensagem ao ex-governador do Banco de Portugal (BdP), Vítor Constâncio.

“Esta mensagem é para Portugal, diretamente para si doutor Vítor Constâncio. Acho inacreditável que o senhor não se lembre dos 350 milhões que emprestou ao senhor [José] Berardo”, disse José Castelo Branco num vídeo partilhado no seu Instagram.

As críticas fazem referência às últimas notícias que dão conta de uma mensagem deixada nas redes sociais pelo antigo vice-presidente do Banco Central Europeu em que este afirma não se recordar de enquanto responsável pelo BdP ter validado um crédito ruinoso da Caixa Geral de Depósitos (CGD) a José Berardo no valor de 350 milhões de euros.

“Acho inacreditável, uma falta de respeito para todos os contribuintes, para todos os portugueses. Não se faz. Por amor de Deus, o senhor veja, pense e medite. Reze o terço”, concluiu o socialite.

José Castelo Branco continuou a comentar a atualidade portuguesa desta vez com uma mensagem dirigida ao presidente da TAP, Antonoaldo Neves.

“Senhor presidente da TAP Air Portugal, acho incrível o que se está a passar”, começou por dizer, referindo-se ao facto de a companhia aérea ter atribuído prémios de mérito no valor de 1,17 milhões de euros a 180 funcionários depois de ter registado em 2018 um prejuízo de 118 milhões de euros.

“Então o senhor dá prémios e a companhia apresenta um défice. Então, o que se passa?”, continuou. “Para já foi uma asneira brutal terem nacionalizado a companhia. Inacreditável, a TAP que era bem portuguesa e deixou de ser nossa”, defende. Contudo, o socialite fez outro vídeo mais tarde para corrigir o erro, uma vez que a TAP foi parcialmente privatizada e não nacionalizada, mas o Estado continua a deter 50% do capital da empresa.

Em jeito de campanha eleitoral, José Castelo Branco termina dirigindo-se diretamente aos portugueses. “Portugal tem de voltar a ser um pais decente, temos de acabar com a corrupção. Por isso, eu vou à luta e estou aqui”, rematou.

2
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
Rui F.Antero Ferreira Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Antero Ferreira
Visitante
Antero Ferreira

Em campanha para presidente dos rabetas…

Rui F.
Visitante
Rui F.

Já imagino o grito de guerra: Bichas unidas, jamais serão vencidas! 😂😂😂🤣🤣🤣

ATV News