fbpx
Famosos

Inês Herédia: “Tive sempre pilares à minha volta que não me deixaram tombar”

Ines Heredia Goucha

Inês Herédia recordou o momento em que se assumiu como homossexual para a família e os amigos. A atriz enalteceu os seus grandes apoios na altura.

Inês Herédia confessou que foi libertador assumir que era homossexual. Em entrevista à Lux Woman, a artista falou do que mudou a partir daí.

“Comecei por me assumir para mim, depois para um grupo muito restrito de amigos e, finalmente, para a minha família. Todas as fases foram importantes. Cada uma com os seus desafios e lutas -, mas é um processo que não tem regra, é diferente para todos e deve ser feito com muito respeito por tudo o que vamos sentindo“, começou por dizer Inês Herédia. 

“Sinto que fiz tudo no tempo certo e que, graças a Deus, tive sempre pilares à minha volta que não me deixaram tombar. Obviamente que foi libertador quando, finalmente, me assumi a todos com quem sentia que devia fazê-lo, porque a mentira é sempre corrosiva”, acrescentou.

Inês Herédia  confessou ainda que mudou muito a partir do momento em que se assumiu, pois tornou-se mais segura e entrou num processo de autoconhecimento incrível.

O facto de se assumir fez também perceber quem é que lhe fazia falta ou não e, por isso, foi um processo muito positivo. Às pessoas que têm receio do preconceito e optam por não se assumir, a atriz  aconselha que é necessário deixar que o medo não vença, apesar de achar que cada pessoa tem o seu caminho e processo.

Leia também: Cláudio Ramos feliz com o fim do Big Brother: “Confesso que me sabe bem”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News