fbpx
Famosos

Homicida de Bruno Candé não se mostra arrependido: “Em Angola, matei vários como este”

bruno-cande
Reprodução Facebook

Bruno Candé Marques foi morto a tiro no passado sábado, dia 25 de julho, em plena Avenida de Moscavide, no concelho de Loures. O ator, de 39 anos, foi baleado com quatro tiros em várias zonas do corpo, por outro de 80. 

Tudo aconteceu pelas 13h20. “Vai mas é para a senzala”, disse-lhe o enfermeiro aposentado antes de o matar. Segundo a família da vítima, em informações ao Correio da Manhã, o autor do crime tinha ameaçado Bruno três dias, quando passeava com a cadela.

Naquele dia, Bruno encontrava-se com o animal quando foi surpreendido pelo homem que não hesitou em atirar sobre ele até ficar sem balas. A vítima acabou por não resistir e morrer no local. Já o atirador foi imobilizado por populares até à chegada da polícia e foi detido de seguida.

Dias depois e no momento em que foi admitido na prisão, em Lisboa, disse, para quem o ouvisse: “Em Angola, matei vários como este”, cita o “Correio da Manhã“.

O homem foi constituído arguido e está em prisão preventiva, indicado por homicídio qualificado e posse de arma ilegal.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News