fbpx
Famosos

“Há várias incógnitas” na morte de um dos filhos de Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez

Cristiano Ronaldo, Georgina Rodríguez
Instagram

Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez perderam um dos filhos gémeos durante o parto.

Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez partilharam uma notícia triste com os seguidores: o casal perdeu um dos filhos gémeos durante o parto.

“É com a mais profunda tristeza que comunicamos o falecimento do nosso bebé. É a maior dor que quaisquer pais podem sentir. Só o nascimento da nossa bebé nos dá forças para viver este momento com alguma esperança e felicidade”, pode ler-se no comunicado feito pelo casal.

“Gostaríamos de agradecer aos médicos e enfermeiros por todo o cuidado e apoio disponibilizado. Estamos devastados e pedimos privacidade neste momento tão difícil. Nosso menino, és o nosso anjo. Vamos amar-te para sempre”, acrescentaram.

Este assunto foi abordado no “Manhã CM” desta terça-feira, 19 de abril pelos apresentadores Duarte Siopa e Agata Rodrigues e os comentadores, Adriano Silva Martins, Léo Caeiro, Gonçalo Quinaz e Teresa Silva.

Ficámos todos tristes porque realmente o Cristiano Ronaldo além de ser um grande jogador, nós temos um carinho especial por toda a família (…) e é verdade que todos acompanhámos esta gravidez da Georgina Rodríguez durante estes meses com muita expetativa”, começou por dizer Adriano Silva Martins, acrescentando: “De certeza que foi um momento de grande choque

“O que é que acham que aconteceu?”, perguntou Duarte Siopa, referindo-se à morte de um dos filhos de Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez no parto.

Eu acho que sendo gémeos, eu acho que é normal no parto isso acontecer. Por isso é que normalmente os gémeos têm que nascer até às 37 semanas”, afirmou Teresa Silva. “Os bebés estavam previstos nascer a partir de 15 de abril”, referiu Adriano Silva Martins.

O comentador revelou ainda que na semana passada, Georgina Rodríguez esteve vários dias em Madrid e confessa que “há várias incógnitas” sobre estes últimos dias.

Acho que há aqui várias incógnitas, porque é que esses meninos não nascem em Madrid e nascem em Manchester? Porque é que eu digo isto? Na semana passada a Georgina esteve em Madrid vários dias, e a minha fonte disse “quase de certeza que vão nascer em Madrid, porque a Georgina está aqui”. De repente vemos as imagens [no fim de semana de Páscoa] da Ivana [irmã de Georgina Rodríguez] e do Cristiano e Georgina naquele barbecue na casa de Manchester. Todos vimos provavelmente que os bebés iam nascer lá, mas houve aqui uma mudança de planos (…) alguma coisa se terá passado para depois decidirem…“, atirou Adriano.

Por sua vez, Gonçalo Quinaz não acredita que tenha havido alguma mudança de planos à última hora. “Eu não creio, eu acho que nenhuma mãe ou nenhum pai decide de uma semana para a outra se vão nascer em Manchester ou Madrid. Eu creio que já estava há estipulado há muito tempo mesmo que as crianças iriam nascer em Manchester“.

Mais à frente, Teresa Silva revela uma das possíveis causas da morte de um dos filhos de Cristiano Ronaldo: “O menino pode ter morrido antes de nascer, pode ter acontecido morte súbita“.

Leia também: Elma Aveiro reage com tristeza à morte de um dos filhos de Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>