Famosos TVI

Gabriela Santana da ‘Casa dos Segredos’ faz sentido desabafo: “Sempre me ‘tratei mal'”

Gabriela Santana, a ex-concorrente da ‘Casa dos Segredos’, partilhou uma fotografia que está a dar muito que falar.

A jovem algarvia tinha a fotografia guardada há algum tempo, e ainda não a tinha publicado por falta de coragem. Mas as recentes críticas sobre os quilos a mais, fizeram com que a ex-namorada de César Matoso publicasse um longo desabafo.

Tenho recebido algumas mensagens a comentar os meus possíveis quilos a mais. E claro que foram comentários de mulheres, porque a mulher, sempre foi e é, infelizmente, o maior inimigo da mulher. Não preciso de opiniões alheias não pedidas. Nem eu, nem as outras mulheres do mundo inteiro. Nosso corpo, nossas regras, nossos olhos, nosso espelho e nossa balança. Metam isso na vossa cabeça. (…) Cada corpo é único e a unicidade é que torna as coisas especiais e bonitas no mundo”, começou por escrever.

Eu, Gabriela, fui uma menina com muitos e enormes complexos. Com 15 anos e 47 quilos, tinha tanta vergonha da celulite e das minhas pernas e rabo que se destacavam do resto do corpo, que para ir à praia usava calções de banho de rapaz, daqueles enormes. Sim. Sempre me vi muitos defeitos, e por isso sempre me “tratei mal” cada vez que me olhava ao espelho”, acrescentou.

Leia o desabafo na íntegra:

View this post on Instagram

Este momento tão feliz, captado sem querer, estava guardado por falta de coragem de postar. Tenho recebido algumas mensagens a comentar os meus possíveis quilos a mais. E claro que foram comentários de mulheres, porque a mulher, sempre foi e é, infelizmente, o maior inimigo da mulher. Não preciso de opiniões alheias não pedidas. Nem eu, nem as outras mulheres do mundo inteiro. Nosso corpo, nossas regras, nossos olhos, nosso espelho e nossa balança. Metam isso na vossa cabeça. Ninguém sabe o que se passa na vida de cada um, então, por amor de Deus, não façam comentários que não vos são pedidos, muito menos sobre algo que é tão único e pessoal. Estava na praia, observava as pessoas. Nesta praia estavam mulheres de todas as idades e tamanhos, e estavam tão bonitas nos seus pequenos bikinis. E foi tão claro. Cada corpo é único e a unicidade é que torna as coisas especiais e bonitas no mundo. Não escondamos a nossa unicidade por receio dos olhares alheios! E sabem porque refleti tanto sobre isso? Eu, Gabriela, fui uma menina com muitos e enormes complexos. Com 15 anos e 47 quilos, tinha tanta vergonha da celulite e das minhas pernas e rabo que se destacavam do resto do corpo, que para ir à praia usava calções de banho de rapaz, daqueles enormes. Sim. Sempre me vi muitos defeitos, e por isso sempre me “tratei mal” cada vez que me olhava ao espelho. Tenho-me forçado a melhorar nisso. E esta reflexão só me fez entender mais claramente que não interessa o que vestimos, mais ou menos roupa, cada uma de nós é única e temos de amar cada cantinho nosso, podemos tentar melhorar algo, mas vamos deixar de nos maltratar por não estarmos como os padrões da sociedade impõem. Cada um é como é, quanto mais de pressa isso for respeitado, melhor. É uma luta pessoal, então, olhares e bocas alheias, ponham-se no vosso lugar. Tratem da vossa luta que é enorme! Hoje, dez anos depois de usar calções enormes na praia para tapar o que não queria ver, mas fazia e faz parte de mim, descobri que há uma peça de roupa invisível que nunca sai de moda e faz com que todas as outras sejam só acessórios, o Amor Próprio, é a peça mais importante, e deve estar sempre em nós ❤️

A post shared by GabrielaSantana 🖤 (@gabrielasantana_oficial) on

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News