Famosos

Filho de Carolina Deslandes internado na neonatologia

Carolina Deslandes foi mãe pela terceira vez esta quinta-feira, dia 13, o anúncio pela cantora surgiu um dia depois, na sexta-feira, nas redes sociais. Como avançou na altura, Guilherme teve complicações após o nascimento e «precisou de um ‘empurrãozinho’ para respirar».

Este sábado, Carolina revelou aos fãs que o recém-nascido teve que ficar internado na neonatologia.

«Dentro destes aquários são vários os meninos peixe que aqui dormem. Os meninos peixe, vêm da água da barriga da mãe, têm jeito de sereia e não conseguem respirar logo o ar da Terra. Precisam de um bocadinho mais de tempo. Então vêm para estes aquários, onde vão observando a terra aos bocadinhos através dos quadrados de acrílico e onde vão conhecendo os Pais e as Mães, que de olhos chorosos vão colando os seus dedos aos aquários na esperança de tocar lá dentro», começa por contar na legenda da fotografia onde surge ao lado da incubadora.

«Aqui vive-se entre o barulho das vozes e das correrias das enfermeiras e médicos, e períodos de silêncio absoluto, como se os anjos cá passeassem também. Ouve-se o fungar de alguns narizes, consolam-se lágrimas e ouve-se o sussurrar de algumas rezas. Trocamos olhares entre pais, fazem-se algumas perguntas e no fim remata-se sempre com as duas frases chave de quem vive por aqui ‘Está quase’, ‘vai ficar tudo bem’. E por muito que existam momentos de dúvida, há uma fé avassaladora que toma conta de tudo e que nos relembra do milagre que é a vida a cada bebé que começa a respirar sozinho, a comer, a cada bebé que decide deixar de ser peixinho e entrar no nosso mundo», continua no longo desabafo com os fãs.

Ainda na publicação, Carolina afirma que o seu filho «é um menino peixinho» que «veio do oceano do seu umbigo, nadou por lá muito tempo e não estava pronto para isto do oxigénio da rua. E na verdade, não o censuro, é preciso uma grande lata para tirar alguém do oceano do ventre da mãe e trazê-lo para esta loucura», acrescenta.

Hoje é o terceiro dia do bebé no «aquário», e os pais já podem «pegar no bebé, abraçá-lo, cheirar o seu cabelo de flores e colocar o nariz na sua nuca».

«Hoje o dia nasceu e viemos esperançosos ao teu encontro, e que bem que estás. Cada vez mais forte, com o teu nariz arrebitadinho e três dias de vida a ensinar-nos tanto sobre o que é ser herói. Nós estamos por aqui, já entendemos que leva o seu tempo deixar de ser peixinho, não te assustes se nos vires chorar é que ainda agora que te deitamos e já morremos de saudades tuas. Leva o teu tempo. O amor é à prova de água. Meu menino peixinho», diz, terminando de seguida com um agradecimento a toda a equipa de Neonatologia do Hospital da Cuf Descobertas: «A todas as enfermeiras e enfermeiros por serem incansáveis e por tomarem conta de tantos peixinhos como o nosso».

ATV News


Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close